Eu casada safada seduzi e transei com outra casada gostosa

Depois que um casal de lésbicas de São Paulo me iniciaram no lesbianismo, (relatado anteriormente) fiquei subindo paredes, MESMO COM 34 ANOS, pensando sempre no assunto, como sou multiorgasmica, não me satisfaço com pouco.
Passei a freqüentar salas de Chat de Lésbicas, e pelo MSN tb, fico me masturbando com minhas amigas, num destes papos quentes, eu já estava completamente com a calcinha toda encharcada de meu mel, quando uma “amiga” me perguntou como uma mulher casada podia ficar com tesão por outra mulher, pois tinha curiosidade de saber pois tb era casada há apenas 2 anos e estava querendo experimentar.


Conversamos cerca de 2,5 horas sem parar, e passamos para o MSN, onde lhe enviei minhas fotos, ela me confessou que sentia muita vontade acerca de 2 anos , mas não tinha coragem para tentar algo real. Ela me enviou tb uma foto sua, lindíssima, 1,58, 56 kg, morena clara como eu, seios pequenos, bem acinturada, bumbum arrebitado e se dizia bem apertadinha, pois seu esposo tinha o pênis pequeno e com apenas 21 anos.
Após quase 2 meses de conversas, marcamos para tomar um café no Shopping Iguatemi de POA, Fui toda produzida, vestido branco acima dos joelhos, uma calcinha tão pequena que não cobria nem minha buceta grandinha, saltos altos, cabelos presos, e um perfume bem marcante, chegando lá a reconheci imediatamente, tb de cabelos presos com uma tiara dourada conforme o combinado (ela tem cabelos curtos) , blusa preta e uma saia de brim curta.
A beijei no rosto como velhas amigas e ficamos conversando sorvendo nosso café, ela confessou que ao vivo sentia muito mais atração por mim, que ficara durante 3 dias se tocando varias vezes ao dia pensando em nos duas, a noite olhava minhas fotos enquanto estávamos no MSN e na maioria das vezes sentia um orgasmo gostoso. sorri e perguntei se ela queria fazer de verdade, ela me falou que teria que ser naquele dia antes que se arrepende-se, pois seu esposo já estava desconfiado de algo. Pagamos a conta e disse a ela que iríamos a um motel, ela tremia de medo,ansiedade, suas mãos suavam, antes de sairmos do shopping fomos ao banheiro, lá passei meus seios de leve em suas costas, pelo espelho ela fez uma carinha de safadinha, entrei no Box do banheiro, tirei minha calcinha e coloquei ela na minha bolsa.
No estacionamento, ao entrarmos no carro, tirei da bolsa a calcinha e entreguei a ela, ela me olhou sorrindo e falou cheirando e sentindo minha umidade na calcinha “ Ai Adri nossa que perfume tem sua danadinha, (buceta), nossa ta toda cheia de melzinho, hun, e que pequena, vc e muito safada mesmo”, e abriu a calcinha lambendo ela bem no centro onde a umidade de meu tesaõ ficara guardada.
Falei “ sua cadela safada,, tem certeza de que nunca fez isso antes?” e lasquei um beijo maravilhoso, daqueles de se babar toda, nela. “ vamos embora antes que eu te coma aqui mesmo sua cadelinha gostosa,
Quando nos dirigíamos a um Motel perto, ela fez questão de levantar um pouco a saia revelando que tb tinha colocado algo especial, vislumbrei um par de coxas maravilhosas embaladas por uma calcinha preta enterrada quase entre os lábios de sua bucetinha pequena, meias e cinta liga pretas tb, estava vestida de puta, sorrimos bastante.
Ao entrarmos na suíte, nos abraçamos, nos beijamos muito, e fomos tirando uma a roupa da outra lentamente, quando estávamos nuas, colocamos uma musica bem suave, dançamos coladinhas, acariciando , nucas, seios, cinturas, coxas e nossas bundas, nos esfregamos nossas bucetas depiladas, esfregamos elas em nossas coxas simultaneamente, nossos seios se tocavam.
Fui descendo, pelos seus seios, que suguei, uma a um, bicos grandes bem pontiagudos, desci pela sua cintura, de joelhos cheguei a sua bucetinha bem pequena, abri passagem com minha língua, senti o cheiro de mulher no cio, doce e salgado ao mesmo tempo, estava toda pegajosa de tesão, abri com os dedos e vislumbrei seu pequeno grelinho, o qual sorvi como um sorvete, e olhando nos olhos dela, ela sorria e gemia, ela gemia e se contorcia de pe, puxava meu rosto com sua própria buceta, dizia “ ai delicia, maravilha., deveria ter feito antes, ai me come Adriana, vai sou toda tua vem”.

Senti seu orgasmo, pois ela gemeu alto e se tremeu toda ficando nas ponta dos pés. Sorrimos ela me beijou cheia de gratidão e fomos para o chuveiro de maos dadas, lá nos abraçamos novamente, fizemos juras de amor nos banhamos, cada uma ensaboando a outra, nesta oportunidade, enfiei meu dedo anelar em sua buceta, confirmando de que ela falara, era bem apertadinha mesmo . ela tb colocou um dedo em minha buceta, eu gemi e fiz carinha de cadela para ela, pedindo mais, ela me abraçou por traz e enfiou três dedos juntos em mim, fazendo meu primeiro gozo da noite. Uma secou a outra e fomos para cama deixando a banheira de espuma enchendo.

Na cama deitei ela de bunda para cima, e deitei por cima me esfregando nela, que tesão sentir uma mulher rebolar e gemer de tesão em baixo de sua buceta, me esfreguei muito e fui descendo, separei suas nádegas, abri suas coxas e lambi seu cuzinho, ela foi se arrebitando toda. Lambia a entrada de sua buceta ate seu cu, ele piscava e ela gemia e eu enfiava a língua ate onde entrava. Segurei ela pela cintura e enfiei a língua de novo em seu botaozinho, vi que ele não era apertadinho e perguntei a ela o que tinha acontecido,ela confessou que os seus namorados antes de casar tinham feito sexo anal com ela, “hunn tenho um brinquedinho na bolsa, que disse a vc que traria,, quer ele?”, ela se virou dizendo, “ antes quero provar vc me ensina chupar uma buceta Adri?”.
Deitei na cama de pernas arreganhadas, separei meus lábios, deixando minha bucetao totalmente exposto e chamei ela, meia sem geito no inicio, logo pegou o ritmo, fiz ela chupar durante quase 40 minutos, ensinando todos segredos, que so uma mulher entende. Gozei umas duas vezes mais, tomamos outro banho, agora na hidromassagem, onde sugamos demoradamente nossos seios,.
,Nos enrolamos nas toalhas e fomos para a cama novamente, eu disse a ela, “agora vou inaugurar vc minha putinha”, peguei na bolsa uma calcinha de couro, onde acoplei um consolo de silicone fino, mas de 18 cm, coloquei ela de 4 na cama, passei KY na seu cuzinho e fui colocando devagar, entrou fácil,,,, “ sua piranha safada, vc tem o cu dilatado, se faz de dondoca e é uma baita cadela,,,vou fazer vc gozar” e acelerei o ritmo, ate ela gritar e se contorcer toda,, “ gostando ne? Eu sabia, vc e uma depravada”,
Tirei o consolo de seu cu e olhei, “hun esta bem aberto, olha no espelho vadia veja como esta.”.
Ela olhou mas ela só gemia abrindo suas próprias nádegas para ver melhor. Deitei ela de bunda para cima . colocando travesseiros em baixo, ficando bem arreganhada para mim ,
Fui ate a bolsa e encaixei um vibrador duplo, mais grosso um pouco para o cu e uma outra ponta com cerca de 20cm de comprimento e mais grosso ainda, fui ate ela e a fiz lamber as pontas e alisá-las, “ Ai Adri, oque vai fazer comigo? Nosso e muito grosso, não deixa doer ta amor, promete que não vai me machucar ,”
“Minha Deusa,vc nunca mais vai querer outra coisa, vc será minha para sempre meu amorzinho de cadelinha,, sua bucetinha vai virar minha bucetona,,,quer isso cadela diz que quer vai vadia”
“ faz oque quizer comigo,, vai meu amor, sou todinha tua,, não vê toda aberta , vem logo vem me fode com vontade”.
Eu Estava fazendo com ela exatamente oque fizeram comigo, iniciando outra mulher no lesbianismo, me sentia uma deusa de verdade, dominadora, fui me deitando sobre ela, introduzindo, simultaneamente o consolo duplo. ,,,”ai, dói mas e bom , ai ta abrindo tudo, aiaiai, to sentindo, ai” ela falava, Beijei sua nuca e orelhas, ela se arrepiou toda e começou a rebolar e eu a enfiar e tirar, acelerei o ritmo, ela gozou, gritou, gemeu, parou, rebolou, gritou e gozou de novo.
Após um descanso merecido da minha ex apertadinha, fizemos um 69 bem dengoso, uma por cima da outra, de ladinho tb, fizemos ainda encaixe de bucetinhas se roçando (tesourinha) “Nossa Adri, que bucetona grande, como ficou assim? Acho que minha mão cabe toda dentro, nossa os homens devem ficar doidos com vc,risosss”. Ela me comeu com o consolo duplo, de pe no chuveiro, de 4 na cama, deitada em cima de uma mesa e escorada na pia tb, ela tem ritmo louco, e eu aproveitei o maximo. Eu só sei que nós chegamos às 11 horas da manhã no motel e só saímos as 23:30 horas. Isso ocorreu na segunda semana de julho, agora combinamos um encontro em agosto, iremos ficar durante todo um final de semana em um sitio na serra gaúcha. Ela me fez prometer que a deixaria tb toda dilatadinha, como eu fiquei, pois assim sente que fica bem mais sensível.

Se vc e mulher ou casal e deseja algo semelhante me escreva.

Sexo por Telefone

4 comentários em “Eu casada safada seduzi e transei com outra casada gostosa”

Deixe um comentário