Ménage Delicioso com a Amiga e o Marido

Ménage com a Amiga e o Marido Eu era o presente de aniversário que minha amiga tinha dado ao namorado. O combinado foi que nós 3 poderíamos fazer qualquer coisa, mas na hora que ele fosse gozar, tinha de ser com a namorada.

Fui fudida e chupada ao mesmo tempo. Fui chupada pelos dois. Senti o gosto do pau dele fudendo a buceta ensopada dela. Senti a língua dela lubrificar ainda mais o pau que fudia minha buceta. O pau do marido dela.

Continue lendo “Ménage Delicioso com a Amiga e o Marido”

Três Rolas Me Fodendo Gostoso na Suruba

Oi, eu sou a Jéssica. Contei para vocês como foi uma trepada que fiz com meu marido e um antigo namorado. Hoje, vou contar como foi quando o primo do meu marido, o Douglas, veio de Londres nos visitar. Mas, antes de começar a contar, quero fazer umas observações.

Dei o texto para alguns amigos e amigas lerem. Não vou dizer quais foram os elogios, para não influenciar o gosto de vocês, que vão ler esta aventura. Só vou dizer que, o que diversos homens comentaram, foi que eu não descrevi o tamanho dos caralhos. Bem, não descrevi por diversos motivos. Primeiro: não sou nenhuma expert em caralhos. Até o dia que aconteceu esta história, eu só tinha conhecido quatro caralhos, o que é muito pouco, na minha opinião, para que eu me julgue uma profunda conhecedora de caralhos e saia por aí dando aulas de caralhologia. Segundo: na minha opinião, e de muitas mulheres também, o que importa não é o tamanho, mas de como é usado. Como disse uma

Continue lendo “Três Rolas Me Fodendo Gostoso na Suruba”

Fodendo loucamente na orgia

Olá galera tudo bem?. Nesse conto erótico Estou aqui novamente para narrar mais uma louca aventura sexual que vivi. Já expliquei inúmeras vezes que a minha vida como mulher começou a partir dos 45 anos, quando resolvi cair no mundo e trair um marido inepto e descompromissado com a minha felicidade. Então resolvi recuperar o tempo perdido e passei a foder de todas as formas e maneiras, mas com uma preferência exacerbada por sexo anal. Adoro dar a bunda. Amo. Gozo demais. Conheci alguns homens através deste site mas a maioria só queria conversa fiada ou sexo virtual. Eu não; quero real. Quero sentir o pau do meu parceiro me fodendo sem piedade. Bom, mas vamos ao que interessa. Recentemente uma amiga minha, com a qual já troquei alguns beijos e carícias, me convidou para uma festinha especial numa casa na região oceânica de Niterói. Topei, pois ela me explicou que lá se podia foder (ou não) à vontade. Fui cheia de tesão. Quando lá chegamos não era casa, era uma mansão com tudo o que uma mansão tem direito. Saunas, piscina, etc, etc. Fomos recebidos pelos anfitriões e logo percebi que a coisa ia ser quente. Devia ter uns 15 homens e umas 20 mulheres.Todos jovens, na faixa dos 25 anos. Fiquei constrangida (tenho 51 anos), mas esse constrangimento foi logo vencido por um rapaz moreno que ao me cumprimentar lascou um beijo de língua em mim, que claro, retribui. Depois nos conduziram a um quarto onde trocamos a roupa, ficando de biquíni. Eu optei por ficar com biquíni e sutiã, já minha amiga descartou a parte de cima.

Continue lendo “Fodendo loucamente na orgia”

Com Meu Filho e o Negro Dotado

Como terminei no meu último conto, eu e Gilberto após tomarmos banho ficamos no sofá, mas estávamos nus, porque esperávamos que meu filho chegasse a qualquer momento. Chegou pouco depois e trazia um saco com compras. Ao ver-nos falou, parece que fizeram uma grande festa na minha ausência, eu respondi, para o Gilberto foi só festança mas para mim não, porque no final rebentou as minhas pregas todos do cuzinho, que ainda me dói e arde muito, ao ouvir as minhas palavras ambos se riram como que a gozar comigo. Meu filho começa a tirar a sua roupa e manda eu abrir a compra que trazia, era um consolo grande e grosso (com medidas idênticas ao pauzão do Gilberto) e com um cinto para colocar na cintura. Continue lendo “Com Meu Filho e o Negro Dotado”

Nossa primeira vez na casa de swing

Somos casados eu tenho 1,70 altura, 78 kg, branco, ela tem 1.55 altura 68 kg e morena, cintura fina, pernas grossas, seios médios, bumbum grande.
Estamos casados há 11 anos, e eu sempre tive vontade de conhecer uma casa de swing, e alguns anos atrás, comecei a falar p/ minha esposa o que ela achava de ir em uma casa de swing para conhecer, ela não sabia o que era swing, dai expliquei a ela. No começo ficou meio em duvidas, mas o tempo foi passando e eu repetindo o assunto, até que ela topou, mas só com uma condição de apenas olhar o ambiente e não fazer nada. Continue lendo “Nossa primeira vez na casa de swing”