No frio a três em Campos do Jordão

Eu e meu primo temos quase a mesma idade e fomos criados juntos, mais que primos somos amigos. Mesmo depois que casei com Silvia nossa amizade ainda continuou sempre com uma namorada ele nos acompanha em viagens e não deveria ter sido diferente em julho passado quando alugamos um chalé em Campos do Jordão para passar um final de semana calmo e pacato. A namorada do Lelo, meu primo, acabou não indo e como já havíamos pago o chalé para 4 pessoas resolvemos ir somente nós três. Ao chegar na sexta-feira a noite notamos que iríamos ter problemas de privacidade, era um quarto único com uma cama de casal e um beliche, típico para família com filhos que não temos. Lelo tem muita intimidade conosco mas nada além do convencional, portanto teríamos a privacidade invadida.

Ler maisNo frio a três em Campos do Jordão

Um sonho de sogra

Olá, tenho 26 anos e vim contar sobre uma experiência gostosa que tive com minha sogra (conto real).
Minha sogra mede em torno de 1,70, uma mulher magra, branca e com uma bunda que não tenho palavras pra descrever, seu cabelo é castanho e bem curto na altura do pescoço.
Sempre tive uma relação boa com minha sogra, uma mulher bonita apesar dos seus 40 anos sempre foi muito sensual e bem pra frente.
No começo do namoro com sua filha já comecei a frequentar a casa dela, onde eu já sentia alguns olhares mas acreditava que era normal, coisa da minha cabeça por eu achar ela uma mulher atraente e “carinhosa”, acreditava que era só tesão da minha parte. Mas foram se passando as semanas, e comecei a perceber um comportamento

Ler maisUm sonho de sogra

Fudendo com os pedreiros

Sempre que eu saia da escola eu passava por uma construção e sempre ouvi os pedreiros dizendo que eu era gostosa e que queriam me fuder, nunca dei muita bola até ver um negão sarado na construção que dizia que eu ainda iria sentar na tora dele!

Depois daquilo fiquei pensando como seria o caralho daquele negão ( pois eu ainda era virgem ) fiquei com vontade e decidi que aquele negão iria tirar meu cabacinho!

No outro dia eu passei na construção e o negão tava lá dizendo que queria me fuder. Então eu entrei na construção coloquei a mão na cintura e disse:

Ler maisFudendo com os pedreiros

Dei gostoso para meu vizinho tarado

Assim que minhas aulas pararam por causa da pandemia tive que voltar pra casa da minha mãe, ela tinha se mudado de cidade fazia apenas algumas semanas e eu mal conhecia o novo bairro, o que não fazia muita diferença afinal não dava pra sair de casa mesmo.

Por um bom tempo fiquei no tédio sem nada pra fazer, mas algo mudou certo dia que eu estava toda esparramada na rede da varanda mexendo no celular, notei um homem me observando da janela da casa ao lado, que ficava numa posição pouco acima do muro. Fingi que não tinha notado e disfarçadamente observei aquele homem, parecia ter entre 30 e 40 anos, não achei ele muito bonito, mas tinha um olhar de safado que me deixou bem desconcertada.

No dia seguinte aconteceu a mesma coisa, assim que sai na varanda logo ele apareceu me observando, fiquei receosa afinal estava sozinha em casa, ainda assim a curiosidade foi maior, me sentei na escadinha que dá para o quintal e fiquei lá parada fingindo que não percebia ele me olhando.

Ler maisDei gostoso para meu vizinho tarado

Minha primeira Infidelidade foi com nosso filho

Meu nome é Diana, sou casada, sou mãe e sou infiel. Sou uma mulher bonita, madura sexualmente falando, belas pernas e peitos, quadril ajeitado, minha vagina é linda e não sou convencida, apenas afirmo o que minha maturidade grita. Sou mais alta que baixa. Sou casada há vinte anos e temos um filho que completou dezoito anos no mês passado, seu nome é Nicolas. É um belo rapagão, mais alto que o pai, corpo lindo e liso como deve ser o de um homem nessa idade. Meu esposo é o típico homem acomodado após tantos anos de casamento, exceto na cama, pois continua um amante ardente e ardoroso, criativo na cama e que me satisfaz completamente. Permaneci fiel a meu esposo e meu casamento durante todos os anos de meu casamento até agora.

Ler maisMinha primeira Infidelidade foi com nosso filho

Ela Só Mamava

Quando morava em São Paulo aos fins de semana fugia sempre para Atibaia e ficava em uma chácara emprestada de um grande amigo. Ele tinha recebido aquilo como herança e não tinha muito interesse no imóvel. Então eu pegava as chaves e ia. As vezes levava o pagamento do caseiro, que era caseiro, mas não morava na propriedade, ele trabalhava lá e voltava para sua residência na cidade.

Mais de uma vez ele trazia esposa e filha para ficar com ele lá, enquanto trabalhava. A filha era uma delicinha. Moça criada na roça, mau cuidada, mas eu sempre vi potencial na garota. Um sábado a noite peguei o carro e fui na cidade buscar uma pizza. Estava sozinho e com preguiça de cozinhar e foi nessa ida a cidade que encontrei com ela, a filha do caseiro. A noite, estava produzida, perfumada, batom e um macaquinho bem colado ao corpo. Nem se parecia com aquela mocinha que as vezes eu via ajudando o pai.

Ler maisEla Só Mamava

Eu e meu cunhado

Este é meu primeiro conto erotico e buscarei trazer até vocês uma pequena aventura que tive e que traz consequências até hoje.
Estou com vinte e cinco anos nasci em 1990 e sou casada há sete anos com um homem maravilhoso, que em ama e me respeita, eu também o amo e respeito, mas no fundo, no fundo de minha alma, tenho uma situação que não tenho conseguido administrar muito bem. Tenho sonhado constantemente com meu cunhado, desde que o vi na praia, numa viagem que fizemos há cinco anos. Ele me pareceu, naquele momento, ser um homem muito maior que meu esposo, apesar de ser bem mais novo e aquela visão nunca mais abandonou meus pensamentos. Nós ficamos duas semanas em Maceió e ele desfilava diante de mim, mostrando suas prendas e eu ficava sem graça, até o dia em

Ler maisEu e meu cunhado