Fodendo a minha prima bêbada

Oi… Sou Alcides, 1,73 de altura, Pau 21cm, olhos pretos… Cabelos médio, físico atleta. …bem vou partilhar com vocês minhas história.

Disk Sexo

Minha prima, vamos tratar ela por Laura, uma mulher de 1.68cm, tem uma bunda gostosa, peitões grandes e gostosos tem 24 e eu tenho 19.

Desde muito tempo já tive vontade de comer a buceta dela, uma vez fui ao banheiro e vi ela tomando banho. Vi peitões e a bunda gostosa dela… Vi ela lavando a xoxota e o pau ficou duro. Desde aquele dia fiquei apaixonado por ela.

Uma vez fui em sua casa vi ela de toalha toda gostosa, estava pensando em tirar toalha e comer a buceta. Ela tirou sua escova de dentes de seguida a escova caí e ela baixa para apanhar e quando ela caixa, tentei baixar também para ver a cona.

Uns dias depois… Teve festa em minha casa, todos se divertindo, aí fiquei no quarto. Logo ela passando para ir ao banheiro decidi ir atrás dela mas ela fechou a porta do toilet. Foi uma decepção.

Voltei para o meu quanto aí ela passa e me vê deitado na cama, ela vem e me pergunta: – Porquê não sai para se divertir ? – Quero não, tou bem aqui. Disse eu.

A safada deixou o fecho da calça que usava aberto ai vi a buceta, meu pau estava ficando grosso. Ela pergunta: O que é isso? Meio tímido respondi : O que é o quê? Logo ela dando conta que a Xana estava olhando fora disse: – Cê tá olhando para minha xoxota? Não é? E foi-se.

E decidi sair do quarto, vendo ela bebendo muito, aí o namorado ela disse: – vamos pra casa. Ela disse : – Não, vou ! Para minha sorte deles tiveram uma briga, e o namorado foi dormir na casa da mãe.

11 da noite, a festa acaba e ela chama para eu acompanhar ela. Com todo prazer fui.

Chegando na casa dela, ela tomou banho ainda bêbada vestiu roupa dizendo que ia a procura do namorado, eu peguei ela … Toda indefesa, atirei ela na cama… Ao cair na cama ela abri as pernas e vi a buceta.

Estava insistindo em levantar, aí pulei em cima dela. Beijando ela… Tentava se soltar mas prendi ela com força. Tirei o vestido e ela estava sem soutien. Vi os peitões delas duros, meu pau começou a ficar duro.

Ela estava tentando se soltar, aí eu coloquei meu dedo na buceta dela, estava tão quente… Molhada. Coloquei ela na ponta da cama e ajoelhei e comecei a beijar o corpo.. Ela começou a se acalmar, desci com a língua desde a barriga chegando próximo da buceta e me afastando um pouco, ela gemia de tesão fazendo isso repetidamente ela pegou na minha cabeça e colocou na buceta… Gemendo de tesão e me disse : Coloca agora essa porra… Toda bêbada não quis colocar meu pau na boca, aí forcei ela abriu chupando tava gostoso.

Logo desci o meu pau nos peitões e comecei a foder os peitos fiquei com o pau próximo da vagina e aí colocou o meu pau dentro da buceta… Toda molhada, iniciei a penetração devagar… Estava sentindo humidade dentro da buceta, ela estava respirando devagar, cada vez que colocava o pau a sua barriga enchia e gemia de tesão.

Ela me disse fode depressa … aí comecei a foder rapidamente que a buceta fazia toc toc toc… Fodi rapidamente que ela passou de bêbada para uma prostituta. Cavalgou;-

Chegou ao orgasmo… E depois a gente fez 69. E ela disse primo enfia no cu … Ela foi até cozinha e trouxe um livro de óleo… Colocou no meu pau e na buceta, ela disse coloca devagar e comecei colocando devagar… Aí ela começava acelerando o ritmo e gritando: Fode Caralho, fode filho da puta… E rapidamente tirei o pau da bunda dela e gozei na cara da vagabunda.

Deixe um comentário