Sexo delicioso na Faculdade

Olá tudo bem? Meu apelido é Pipes, tenho 27 anos, cabelo e olhos castanhos, pele bem clara, 1.66 e 62 kg. Gosto bastante de malhar e amo sexo(ainda que eu não transe com qualquer uma).
Bom,vamos ao conto erótico.
Costumava (e costumo) entrar em chat para jogar conversa fora e acabei teclando com uma menina da mesma cidade que se chamava Viviane. Trocamos whats mas ela não me mandava a foto. No inicio achava que era homem mas como ela havia ligado, dei um voto de confiança e marcamos de nos conhecer a tarde na faculdade onde estudo. No horário marcado, uma mulher linda veio até mim, com a roupa toda colada no corpo… Dava para ver que tinha peitos grandes e uma bunda gostosa. Nossa… Eu só pensava em beijar ela, em dar pra ela… Mas me contive e ficamos conversando sobre estudos, viagens, etc…


Até que ela pediu para ir ao banheiro e eu levei ela até lá. Entramos e ela olhava para mim e sorria, disse que tem atração por mulher de branco (estudo na área da saúde), chegou pertinho de mim e me beijou. Não aguentei, entrei com ela e ficamos nos beijando sem parar enquanto ela abria minha calça.. Eu tava com muito tesão, ainda mais sabendo que toda hora entrava alguém ali e que poderia ouvir algo. Ela tirou minha calça, pediu pra eu afastar um pouco as pernas, colocou minha calcinha pro lado e meteu com força, na hora gemi alto mas ela colocou a mão na minha boca e continuou me fudendo forte.. Eu tava muito molhada, ela tirou minha calcinha e disse pra eu sentar no vaso com as pernas bem apertas. Fiz isso e logo senti a lingua dela no meu cuzinho, isso sempre me faz gozar… Enquanto ela lambia, metia um dedo na minha bucetinha e eu não aguentava mais a vontade de gozar. Até que não aguentei e disse pra ela me fuder mais rapido, comecei a gemer alto e gozei. Foi muito gostoso… Depois ela lambeu minha bucetinha toda gozada.
Queria muito ter comido ela mas infelizmente não deu porque em seguida bateram na porta por causa dos gemidos e tivemos que inventar uma história =/

Obrigado a todos que leram e, lembrando, essa história NÃO é fictícia!
Beijos

Sexo por Telefone

Deixe um comentário