Transa deliciosa com casal de amigos em SP

Nesse último mês conheci um casal de amigos lá na Vila Madalena em São Paulo. Estava eu num daqueles ótimos barzinhos da região e estava tomando meu Black Label e uma porção e admirando o movimento, eis que chega um casal muito simpático e senta na mesa em frente onde eu estava e logo a loira de saia curtíssima, pernas torneadas, seios grandes e siliconados, bem vestida e sensual e o senhor que a acompanhava deixou ela e dirigiu-se ao toalhete deixando-a sozinha. Ela ficou observando o local e deu uma olhada mais detalhada medindo-me de cima a baixo, deu um sorrisinho meigo e assim ficou.

Logo seu acompanhante voltou e começaram a conversar e olhavam para mim. Dei um aceno com o rosto e fiz um sinal se gostariam de apreciar o Black Label que eu estava tomando, nisso para minha surpresa o educado Sr. veio até mim e perguntou se não queria sentar com eles que estavam esperando um casal de amigos e eu seria uma ótima Cia para eles, pois conheciam pouco o lugar ali e gostariam de conversar.

Educadamente fui até eles, cumprimentei a louraça com um beijo no rosto e sentei-me ali com o casal.
Conversamos sobre trabalho, viagens, pessoas, lugares, até que a loira puxou o assunto sobre sexo e gostos sobre menage e algumas de suas peripécias, nisso chegou o casal amigo e juntou-se a nós, me apresentaram como amigo e empresário do ramo de contabilidade e continuamos bebendo e conversando onde foi logo direcionando para a vida sexual intensa dos dois casais, que pelo jeito se conheciam há tempos e já tinham feitos muitas surubas e menages.

Como o papo estava quente demais e não dava para continuar ali, o casal sugeriu que fossemos para a casa deles, lá nos Jardins em São Paulo. Pagamos a conta e como eu estava de Uber, pois tinha saído para beber e bebida e direção não combina, fui no carro do marido da Loiraça que era o motorista da vez e o casal de amigos também tinham vindo de táxi e rumamos até a casa deles.

Para minha surpresa entrei no carro e as duas esposas vieram sentadas atras comigo e os dois maridos na frente conversando. Logo ao entrar no carro a Loiraça já pegou na minha mão e direcionou ao meio das suas pernas e disse:
-Olha estou sem calcinha….
A morena não deixou por menos e colocou a mão no meu cacete e disse:
-Nossa pelo jeito vamos nos deliciar com esse cacete, pois ele deve medir mais de um palmo…..
Os maridos na frente sorriram e disseram:
-Esperam que fiquem bem fodidas com nosso novo amigo.
A Loiraça, chama-se Larissa e o marido Walter, ela mede 1,68, 58kg, seios siliconados, cintura fina e bunda enorme, toda depiladinha e toda cheirosa.
A morenassa chama-se Lidiane e o marido Cezar, ela mede 1,75. magra, alta, cabelos longos e seios grandes e bunda macia e tem só um filetinho de pelos em cima da xaninha,
Chegando a casa deles, muito bonita por sinal, já fomos nos beijando eu a Larissa que atacou a minha boca beijando de língua e chupando-a com volúpia, enquanto a Lidiane abraçou-me e foi arrancando minha roupa e entramos num beijo triplo, onde nossas línguas se enroscavam, ora as duas estavam se beijando, ora eu beijava a Larissa, ora eu beijava a Lidiane e as três línguas se entrelassavam e não paravam de carícias e desejos, logo as duas já estavam ajoelhadas dividindo meu cacete, que já estava duríssimo e em ponto de bala.
Os dois maridinhos, bonitinhos sentados bebendo e conversando com os celulares na mão tirando fotinhos.
A Larissa era a mais eufórica, abocanhava meu cacete e engolia até o talo fazendo uma garganta profunda maravilhosa, logo que ela soltava meu cacete a Lidiane chupava a cabecinha e lambia toda a extensão, desde as bolas até a cabeça…. A boca delas se encontravam na cabeça do meu cacete e ali elas se beijavam e diziam, olha que cacete delicioso….
No tapete da sala, que é muito fofo e bem aconchegante a Larissa ficou de quatro e pediu rola na bocetinha que foi prontamente atendida, enfiei a cabecinha e o cacete deslizou arrancando um gemido enorme de prazer e ela começou a rebolar deliciosamente, a Lidiane me abraçou e pegou no meu pau e segurava para entrar bem gostoso na amiga, me alisava e quando já tinha metido bem forte na Larissa a Lidiane tirou meu cacete da boceta dela e chupou com vontade, ai eu dava duas estocadas na xaninha da Larissa e a Lidiane chupava meu cacete. Logo a Lidiane pediu para ser penetrada e assim o fiz e ai foi a ves da Larissa repetir o feito da Lidiane, elas fizeram um 69 e eu ia metendo na xaninha e tirava e colocava na boquinha e ia ao inverso e fiquei revezando nas duas…
Quando percebi e olhei para os maridinhos, já estavam peladinhos e para minha surpreza um segurava o cacete do outro….. com bastante impolgação.

Ai a Lidiane pediu para eu comer o cuzinho dela, a Larissa chupou o cuzinho dela deixando-o bem lubrificado e enfiava dois dedos para já ir alargando. Foi uma delícia colocar meu cacete todo dentro do cuzinho dela. ela cavalgou, D4, frango assado, de pé e a Larissa sempre ajudando ora beijando a boca da Lidiane, ora chupando a xaninha dela e não esquecia os seios e pescocinho dela.
Foi a vez da Larissa tomar gostoso no cuzinho e não me fiz de rogado e meti como tinha feito com a Lidiane, elas tinham um ritmo frenético e como eu fiz com a Lidiane a Larissa queria do mesmo jeito, assim fiquei um bom tempo fodendo as duas….

Nisso os maridinhos já tinham avançado e faziam um troca-troca como se faziam no tempo de criança…. e pareciam gostar e estar acostumados a fazerem, pois se divertiam em sorrisos e comentários sobre a foda das esposas.

Nisso eu disse que já estava na hora de dar leitinho para as madames…. elas todas delicadinhas, se posicionaram e pensei que iria gozar em cima da bundinhas delas e a Larissa mais ousada, disse eu quero todo seu leitinho na minha boca e vou dividir com minha musa deliciosa morena…
Assim o fiz gozei e a Larissa sugou até a última gota me fazendo delirar de prazer…. quando terminou de sugar foi até a boquinha da Lidiane e soltou todo o leitinho na boquinha dela que fez um gargarejo e devolveu na boquinha da Larissa e depois no final dividiram toda minha porra que eu tinha gozado fartamente e engoliram, mas deixaram um pouco de porra no rostinho de cada uma.
Vieram os maridinhos e beijaram as esposas na boca sentido todo meu gostinho, para não deixar de fora, ainda as esposas bateram uma punheta para cada marido e quando eles gozaram elas tomaram toda a porra deles e dividiram como duas maravilhosas esposinhas safadas.

Foi uma noite memorável. acabei posando na casa deles e no dia seguinte ainda fizemos sexo de todas as formas, agora na piscina da casa do casal, ainda saímos os cinco para curtir outras vezes….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *