Traindo em plena lua de mel – Parte 3

Bem, como eu disse anteriormente sou amanda, tenho 22 anos, sou loira de olhos verdes e me casei a dois anos, no ultimo conto começei a falar sobre minha aventura com Pedro um homem que conheci no meu voo para o caribe, nos relacionamos enquanto meu marido dormia bêbado na poltrona do avião. Foi uma delícia e acabei descobrindo que preciso muito continuar traindo meu marido Rafael com o Pedro, porém acabei de descobrir que eles trabalham na mesma empresa…


Continuando, quando voltei ao meu assento e beijei Rafael e percebi que Pedro e Rafael se conheciam muito bem na empresa, fiquei muito sem graça, afinal tinha acabado de pagar um boquete, e engolir a porra do Pedro, e dado um beijo na boca do meu marido com o gosto do esperma dele na boca. Eu ali no meio deles fui apresentada ao Pedro pelo meu marido que me explicou que ele é o Coordenador de Projetos da empresa em que eles trabalham (meu marido ocupa o cargo de supervisor de projetos) ou seja Pedro é superior ao meu marido, e pude perceber que ele adora se mostrar mais poderoso que meu marido, ainda mais agora que tinha acabado de ter a esposa dele no banheiro chupando seu pal. Bem a viajem foi tranquila e ao final quando descemos meu marido e Pedro marcaram de se encontrar novamente, pois iriamos ficar no mesmo hotel, Pedo fora a trabalho e depois ia curtir uns dias no caribe junto com sua esposa que viria na terça-feira após terminar de organizar todos os seus afazeres em casa. Chegamos no sabado de madrugada, quando chegamos ao hotel meu marido era só elogios ao Pedro, falando em como ele era bacana, meu marido tomou um banho eu queria transar muito a noite inteira com meu marido, então pra minha supresa, ele me puxou pra cima dele, como eu estava de camisola após também ter tomado um demorado banho, minha camisola tampava até a metade de cima da metade das minhas coxas e eu estava sem calcinha e sem sutiã, estava entregue a ele, ele arrancou o que eu tinha de roupa e chupou meus peitos enquanto eu acariciava seus cabeços, ele me dava tapas fortes e com muito tesão na bunda e me chamava de safada, eu estava com muita vontade de ser penetrada, de levar muita rola na bucetinha e no cuzinho, foi quando meu marido resolveu que queria que eu o chupasse, fiquei chupando ele por uns 20 minutos até que ele gozou tudo em minha boquinha, o que engoli com o maior prazer, porém quando me levantei meu marido olhou e pediu para que fossemos dormir, fiquei totalmente desapontada, queria transar, queria ser possuída, mas ja eram 6 da manhã, e meu marido estava exausto, e eu também, então deitei para dormir e acabei pegando no sono, dormimos os dois de conchinha, acordei já ia dar meio dia. Me levantei e o sol escaldava lá fora, estava quente, e o resort onde ficamos tinha lindas piscinas além de ser do lado de belas praias, como eu não conhecia nada e meu marido continuava dormindo, resolvi por meu biquini e sair pra ver como é o hotel, coloquei um biquine preto, simples que entrava uma parte na minha bundinha e deixava grande parte dela bem a mostra, adoro biquines cavados e esse entra direitinho no meu bumbum, coloquei uma sainha de praia e fui só com a parte de cima e essa sainha, e levei minha bolsa de palha e um chapeu, com meus óculos escuros, cheguei à piscina e adorei tudo o que vi, eram grandes e tinha muito espaço, muita gente rindo e feliz, enquanto eu continuava insatisfeita mas resolvi esvaziar minha cabeça cheia de pensamentos e curtir o momento, tirei toda a roupa e fiquei só de biquine para poder tomar sol e me bronzear, me deitei em uma canga no chão mesmo ali perto, num local que pegava muito sol e começei a passar bronzeador, quando vi uma sombra, ao olhar pra cima era um rapaz de uns 20 anos também, que chegara até mim me oferecendo para me ajudar a passar o protetor, o que de inicio pensei em rejeitar, mas acabei sedendo, ele era bem bonito, tinha um belo corpo então deixei que passasse o protetor no meu corpo, enquanto conversávamos, descobri que tinha apenas 17 anos e seu nome era Marcelo, disse que estava de férias com seus pais, ficamos conversando por um tempo, quando meu celular tocou, nao reconheci o numero mas era do Brasil, logo atendi e era o pedro, ele queria me encontrar para conversar, indaguei afirmando não ser uma boa idéia.
Foi ai que tudo começou,,,
Pedro falou curto e grosso que se eu não o procurasse ele mostraria as minhas fotos nua no banheiro do avisão com porra da boca e lambendo um pal para o meu marido, e arruinaria meu casamento de vez, além de postar as fotos na internet pra todos verem claro que ele também tinha o video de tudo que fizemos… Logo concordei e deixei marcos na piscina, Pedro disse que queria que eu fosse até o quarto dele, apenas de biquine, sem saída de praia nem nada, apenas com meu biquine, então fui assim, entrei pelo hotel apenas com meu biquine, toda exposta e subi no elevador até o andar que ele estava, chegando lá bati à sua porta ele prontamente me atendeu, sem nenhuma peça de roupa… Pedro afirmou que eu deveria prestar muita atenção no que ele iria falar, disse que eu deveria a partir de agora me tornar sua amante, me mandou estar disposta a fazer o que ele quisesse, e a humilhar meu marido do jeito que ele quisesse, pois ele não gostava de Rafael e o tratava bem apenas para parecer simpático perante a empresa, então ele me mandou chupar seu pal enquanto continuávamos conversando, eu retruquei, pedi para que continuasse a falar, então ele me levantou e arrancou meu biquine e mandou que chupasse seu pal enquanto conversávamos, comecei a fazer o que ele mandou, chupava todo o pal dele e o seu saco, enquanto ele filmava com o celular, e falava comigo que agora eu ia fazer tudo oque ele mandasse, que iria divertí-lo, e por dentro eu estava gostando realmente disso tudo…
Ele gozou no meu rosto, e me madou sair de dentro do quarto dele, indaguei que ainda estava nua e com o rosto gozado, então ele me deu minha saia e falou para que eu fosse embora assim do jeito que estava, e que o meu marido chegaria em breve no quarto dele que era pra mim ir embora rápido, peguei minha bolsa e saí totalmente nua do quarto dele, com a cara toda gozada, e antes de que ele fechasse a porta, mandou que eu nao limpasse a porra do rosto até chegar no meu quarto, e que quando chegasse mandasse uma foto pelo whattsapp pra que ele tivesse certeza de que fiz o que ele mandou, assim fechou a porta e me deixou ali nua sem nada para tampar meus seios além da minha bolsa e minha saia transparente que tampava minha bunda e minha bucetinha e com o rosto todo gozado… Fui em direção às escadas pois por lá seria menos vista, quando abri a porta e desci as escadas o mais rápido que pude, como eram escadas de incendio, passavam por mim alguns funcionários que me olhavam e até riam por estar quase nua ali, foi quando esbarrei com Marcelo, o menino da piscina, ele estava entrando na porta exatamente no meu andar, pra minha sorte a porra no meu rosto estava quase seca então ele não percebeu e me deu um beijo no rosto e veio comentando como sou bonita e que gostaria de me conhecer melhor, eu estava entrando em desespero pois estava sem sutiã para tampar meus seios e ele ainda não tinha percebido, pedi para que ele me procurasse depois, mas ele veio atrás de mim, me perguntei o que meu marido diria quando chegasse ao quarto, cheguei em frente ao meu quarto e tive medo de entrar, então marcelo falou ” nossa que bacana, somos vizinhos de quarto, poderemos nos ver muito em??” resolvi que deveria fazer algo mas nao sabia o que, e se meu marido me visse daquele jeito com aquele rapaz falando comigo, ali sem sutiã e sem calcinha, foi quando marcelo percebeu e puxou minha bolsa, e viu que eu estava completamente nua por debaixo da blusa e da saia, ele falou que eu era muito gostosa e me puxou me dando um beijo, pedi pra ele parar mas ele disse que só pararia depois de me comer, então ele foi me empurrando até chegar no meu quarto, abri a porta com medo do meu marido estar ali dentro, e ele não estava, então continuei beijando e lambendo todo o corpo daquele menino de 17 anos carioca, foi quando ele me disse algo que me deixou doida, disse que as capixabas nao podem ver um carioca que ja caem do boca no pal deles, mas o que eu poderia fazer? tava ali, casada, traindo meu marido com um carioquinha de 17 anos, igual uma puta, só aproveitei a situação, ele me colocou de quatro e enfiou o pal dele dentro da minha buceta e ficou bombando forte, sem parar ele urrava e eu gemia de tesão mas morrendo de medo do meu marido chegar, estava toda suada já, quando o garoto tirou o pal de dentro da minha bucetinha e foi colocando no meu cu, pedi pra ir com calma pois eu dou pouco ele, ele foi colocando até entrar tudo, entrou até com certa facilidade… e ele continuou bombando no meu cu, bem forte e sem parar, eu estava pirando já, gritava feito uma cadela e ele me chingava de puta, de facil, de casada piranha, até que ele falou que ia gozar e me mandou engolir, acabei pondo o pal dele na boca ele goza bastante e foi até dificil engolir aquilo tudo mas acabei engolindo, jorrou na minha boca e ele gozou até no meu rosto,pediu para que eu limpasse seu pal e foi embora, falando que estava doido pra repetir a doze, lembrei da foto e tirei ela e mandei para o Pedro, logo que acabei de tomar banho meu marido entrou no quarto, todo feliz falando que o Pedro tinha chamado a gente pra ir ao bar molhado da piscina que funciona até de madrugada, para ficarmos bebendo e conversando, rafael me pediu pra colocar um biquine bem pequeno, e afirmou que queria me mostrar para seu amigo, mostrar o quanto eu sou gostosa e como ele é um homem de sorte… mal sabia ele que eu já tinha chupado o pal do pedro duas vezes e ele tinha varias fotos e um video para comprovar, além de ter dado para um garoto de 17 anos apenas algumas horas depois de termos nos casado…
Continua, espero que estejam gostando…

Sexo por Telefone

Uma resposta para “Traindo em plena lua de mel – Parte 3”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *