Tive que dar pra presidiários por causa do meu namorado

Me chamo Julia tenho 22 anos sou branca cabelos castanhos escuros liso, olhos castanhos bumbum um pouco grande seios médio, enfim vou contar o que me ocorreu…
Tudo começou quando meu namorado foi preso por que estava andando com traficantes no final do ano passado, então só esse ano que eu consegui fazer meu cadastro para poder visitá-lo então como ele não tinha nada la na cadeia e nem os parentes dele queria fazer nada por ele, ele só tinha a mim e me pediu um dinheiro pra eu levar no dia da visita e tal, eu fui com uma blusa branca sem sutiã e de saia azul com uma calcinha fininha pra facilitar na hora de entrar no presídio, cheguei la ele me perguntou do dinheiro e eu não tinha conseguido nem da metade ai ele começou a ficar nervoso e me chamou pra uma sala la onde os casais fica

e me disse que estava devendo quase 3 mil para os outros presidiarios e disse que iriam matar ele se ele não desse os mil reais hoje, eu fiquei em choque por que eu estava só com 350, ai ele disse que iria resolver chamou um cara que ele estava devendo e deu os 350 ai o cara me viu perguntou se eu era irmã dele e ele disse que eramos namorados ai ele veio e perguntou se ele estava de sacanagem que era pra ele arrumar o dinheiro o quanto antes eu disse que arrumaria tudo até a outra semana ai ele disse que não teria certeza disso e que eu nunca mais iria visita-lo por que ele colocou medo em mim e disse que eu iria denuncia-lo falando que ele me ameaçou e ameaçou meu namorado e que iria matar ele hoje e eu pedi que por favor não fizesse nada com ele que semana que vem eu traria o dinheiro completo, nisso entrou mais 3 homens e começaram a cochichar entre si pelo o que eu ouvi meu namorado estava devendo os 4 por usar as drogas deles la dentro..
só sei que nisso tudo um virou e falou olha, seu namoradinho só faz merda aqui dentro, eu vou fazer o seguinte, vou conversar com ele ali no canto e depois eu venho aqui te dizer se ele topa se ele não topar ele morre hoje mesmo.
Eu fiquei mais aliviada e disse que tudo bem, ele levou meu namorado em um canto e menos de um minuto eles voltaram e mandou meu namorado se resolver comigo que eles iriam se preparar, eu perguntei o que tinha acontecido e meu namorado disse que eles iriam dar mais uma semana pra ele mas com uma única condição, e eu perguntei qual era e ele disse que o chef queria transar comigo e ele tinha aceitado, eu pergunte ” como assim ? ta louco? ele disse que se eu não fizesse isso eles matariam meu namorado e não daria nem suma outra semana, fiquei pasma ali, sm reação nenhuma, relevei porque era uma questão de vida ou morte ai eu respirei fundo e disse ta bom.
ai voltou os 4 homens ai o chef mandou eu tirar a roupa eu perguntei se não poderia ser em um lugar mais fechado por que eu nunca tinha ficado pelada na frente de muitos homens que eu não conhecia, o chef disse cala a boca e vamos logo não tenho muito tempo.
ele veio levantou a blusa e vi que todos os homens me olhavam de um jeito que nunca tinham me olhado assim antes, meu namorado ficou de costa, o chef veio me levou ate a parede apertou meu peito com uma força que veio lágrimas nos olhos e disse esses peitos branquinhos vai ficar roxo em seguida chupou meu peito e deu uma mordidinha mandou eu ficar de 4 e eu disse que eu estava com vergonha por que tinha 4 homens que eu nunca tinha visto me olhando, ai ele disse nossa a madame esta com vergonha ? ai cochichou com um outro cara la e voltou e disse anda fica de 4 ai eu fiquei de 4 ele empinou minha bunda levandou minha saia abriu minha perna e disse dando risadas falando” olha o tamanho do pacote meus camaradas kkkk”
Eu nunca tinha me sentido tão envergonhada na minha vida, mas só pensava em aquilo acabando e eu indo pra casa tudo bem, ele deu um tapa na minha buceta que eu me encolhi pelo susto, ele disse olha a madame ta com medo, ai chegou mais 3 homens e ele disse vcs chegaram na hora certa arrancou minha calcinha com força que ela ate rasgou ele mandou eu tirar a roupa dele eu levantei e vi os homens tudo pelado se masturbando e eu tirei a roupa do chef, mandou eu chupar ele e empinar a bunda, quando eu estava chupando senti alguem atras de mim dei um pulo pra frente e disse opa perai, o chef disse relaxa, e eu fiquei queta ai o cara que estava atras começou a passar a piroca na minha buceta ai o chef mandou eu virar e chupar o cara, nisso o chef ja foi me colocando de 4 e empurrando com uma brutalidade na minha buceta que eu comecei a chorar e o cara da frente tampou minha boca com o pau dele, enquanto eu estava chorando o chef metia sem pena por uns 10 minutos foi assim até que o chefe me levou pra perto de umas grades me colocou de 4 amarrou minhas mãos em uns ferros que tinha la usando minha blusa o o chef começou a pincelar da minha buceta pra minha bunda e foi empurrando no meu cú, comecei a chorar pedindo pra ele parar e colocar na buceta empurrou de uma vez no meu cu comecei a me debater dói muito mds, eu disse, por favor para ta doendo por favor, ai o chef disse ta bom voce nunca deu o cu né bonequinha?, eu disse não por favor e ele disse ta bom, ele tirou mandou eu abrir a boca colocou o pau dele na minha boca e fez eu pagar um boquete pra ele até ele gozar,
ai ele disse galera ela é toda de vocês, eu disse “ei não era só você” ele disse assim “ué querida seu namorado não disse que você iria ser nossa putinha hoje? ele te trocou por mais drogas a gente te come e ele usa as drogas simples” eu não sabia mais o que fazer meu namorado me trocou por drogas, fiquei sem chão ali naquela hora..
Ai veio os caras e ja começaram me batendo me dando vários tapas na cara e na bunda tinha uns 6 caras envolta de mim e um veio por baixo e outro por cima um começou a penetrar na minha buceta e os outro foram metendo dedos no meu cu estava tomando varias dedadas no cu ai o cara de baixo tirou o pau e ja vieram colocando a mao na minha buceta ficavam com os dedos penetrando e o meu cu ardendo minha buceta doendo ai o cara saiu tirando a mãos dos outros da minha buceta e colocou começou a penetrar ai tinha un que saiu forçando com o pau a entrada no meu cú eu só sabia chorar de tanta dor uns 15 minutos se passaram o que estava na buceta gozou e ja veio outro pra baixo me comer eu comecei a me sentir fraca de tanto chorar ficaram umas meia hora eles gozaram praticamente juntos veio um negão saiu metendo na minha buceta eu ja estava sentindo o meu útero doer, ai ele meteu uns 20 minutos e foi pro cu me rasgou toda eu ja estava toda assada, ele na hora de gozar me meteu na minha buceta e me alagou toda, me desamarraram e eu fiquei la jogada ai me levantaram me levaram no colo pro banheiro por que eu ja não estava nem aguentando meu corpo eu estava sem força total o cara me largou la no chuveiro os homens fizeram uma rodinha la deveria ter uns 20 homens la me levantaram viram que eu estava fraca começaram a passar a mão em mim ligaram o chuveiro abriram minha pernas um cara saiu colocando os dedos na minha buceta e eu fraca os outros fizeram o mesmo coloram minhas costas no chão e levantaram meu quadril o cara foi ja começou enfiar o pau na minha buceta os outros viram que eu não falava nada ja começaram a ser mais ousado me colocaram de 4 e veio outro pra comer meu cu eles fizeram um rodizio la depois me gozaram toda, tinha um homen la que me ajudou me deu um banho me lavou toda sei que saia muita goza da minha buceta e do meu cú minha buceta estava meia roxa ja me sentia arrombada meu cu doia e sentia ele largo tambem perto da hora da visita acabar o cara conseguiu minha bolsa minha blusa toda gozada e minha saia, ai o homen disse que tinha vindo visitar o filho dele ai disse que ia me levar em casa ai ele me acompanhou ate o carro eu fui pra casa tomei um banho e dormi, no outro dia o meu telefone tocou era os cara do presidio me ligando falando que ia matar meu namorado de novo se eu não fosse la e desse pra eles de novo, “eu disse mata mesmo, faz esse favor pra mim e mandei eles irem tomar no cú deles, além de eu ter sido usada daquela forma e depois estuprada vocês merecem ficar ai pra sempre” e desliguei o telefone eu n consiguia sentar nem encostar na minha buceta direito…

Sexo por Telefone

Deixe um comentário