Trai o meu namorado com meu primo

Olá pessoal vou narrar esse delicioso conto erotico, Bom muitos já sabem sou muito safadinha e adoro sexo, o que vou contar para vocês aconteceu à dois anos.
Eu nunca fico sem transar por muitos dias, não consigo e meu namorado sempre soube disso, sempre falei que mesmo que estivéssemos brigados ele teria que me comer sempre. Talvez ele tenha se esquecido disso.
Pois bem, nós brigamos por ciúmes dele e ele ficou três dias sem falar comigo, mandei uma mensagem perguntando se ele ainda estava bravo e se ficaria sem falar comigo por muito tempo, porque eu estava cheia de vontade de transar. Ele respondeu que estava bravo e se dependesse dele eu iria ficar na vontade mesmo.


Nunca fui mulher de passar vontade e não iria ser dessa vez que eu iria passar, respondi para ele que tudo bem e que não reclamasse depois. Tenho um primo que foi criado comigo e quando crianças brincavamos de “papai e mamãe” ou de “médico” e crescemos juntos na adolescência fazíamos tudo junto, sempre que dava rolava um sexo bem rapidinho para nossos pais não perceberem, porém o tempo passou e cada um começou a seguir sua vida. Mas sempre percebi que ele ainda tinha vontade de me comer, então resolvi ligar para ele e falar que eu estava sozinha, sem transar a alguns dias e meu namorado não queria me comer por conta de uma bringuinha boba. Ele me respondeu que chegaria na minha casa em 40min. Minha bucetinha começou a ficar toda molhadinha já. Fui tomar um banho e fiquei sentada esperando, enquanto esperava meu namorado me ligou e perguntou se ele poderia ir me ver. Falei que só de noite porque estava muito ocupada e desliguei. Logo meu primo chegou, um negro lindo, alto, magro e com uma rola maravilhosa.
Me beijou e falou : prima safada, vamos relembrar os bons tempos. Falei que sim e aí começamos.
Ele me pegou pela cintura me colocou de costas e foi tirando a minha roupa, não demorou muito e estávamos nus. Ele me colocou no sofá e começou a me tratar como uma putinha
– Vai putinha abre essas pernas e deixa eu comer essa buceta gostosa, já estava com saudades.
Abri bem as pernas e ele começou a passar a língua pelas virilhas e fazer carinho no meu grelinho e eu delirava já e pedia para ele me chupar, mas ele gostava de me torturar só passava a língua no grelinho mais não chupava, quando eu já estava toda molhada ele enfiou a língua bem gostosa e bem fundo, colocava e tirava me deixando trêmula e finalmente ele chupou tudinho, começou a colocar dedos e chupar não aguentei e meu melzinho começou a escorrer e ele chupando tudo. Sem eu ter que pedir ele se levantou rapidamente e me fez chupar aquela rola gostosa porque queria meter com força na minha buceta e assim eu fiz. Chupei com muita vontade, parecia que não iria caber tudo na boca, mas coube sim fiquei babando um pouco mais chupei, quando ele estava para gozar ele tirou da minha boca, me arreganhou e me fudeu nossa como ele metia com força e eu só gemia
– vai me fode priminho safado come sua putinha come.
– vou te deixar toda esfolada sua vagabunda, vou deixar toda ardida e vermelha
– aii isso mesmo me deixa toda ardida e esfolada para meu corno ver que eu não passo vontade e que se ele não come eu dou para outro.
– puta ele vai adorar te ver assim
E metia muito até gozar e me fazer, que gozo delicioso me deixou toda cheia de porra. Depois tirou da buceta, me colocou de quatro e foi alisando o cuzinho, ele sabe que adoro dar o cu e então ele comeu, me arrombou o cuzinho.
– aii nossa priminho sua rola está uma delícia, está bem maior, me fode mais.
Ele aumentou a velocidade, forçava mais no meu cuzinho e anunciou que iria gozar.
– Isso goza gostoso e deixa para o corno limpar.
Ele gozou no cuzinho e escorreu um pouco para a buceta, que delícia. Depois foi tomar banho, eu não me limpei, sabia que o corno do meu namorado iria se arrepender e ia querer me comer mais ele teria que ver a surpresa que deixaram para ele.
Pedi para meu primo ir embora que meu namorado iria chegar, ela concordou me beijou e foi embora. Liguei para meu namorado avisando que podia ir. Assim que ele chegou foi me beijando e acariciando. Não falei nada fui deixando, quando ele tirou minha calcinha ele começou a sentir estranho e viu que estava toda melada, enfiou o dedo na minha buceta e viu que teve festinha ali. Eu estava toda arrombadinha e ele começou a perguntar quem fez a festinha ali. Eu respondi
– sempre te falei que não ficaria sem sexo, chamei uma pessoa muito especial e ele fez a festinha e deixou presente para você ou se preferir deixou um pouco bagunçado mais pode limpar tudinho amor.
Ele sorriu me chamou de puta e piranha, se abaixou, abriu bem a minha buceta e me chupou todinha. Depois se levantou e começou a meter na minha buceta sem dó.
-Você gosta de dá né. Então hoje você vai me dar a noite toda sua puta. Vou te comer de todos os jeitos para você ficar sem dar essa buceta para outro quando eu não estiver por perto.
E assim ele fez, transamos a noite toda, no outro dia não consegui nem sentar direito, mas valeu a pena ele aprendeu a nunca me deixar sem sexo.
Espero que tenha gostado.

Sexo por Telefone

1 comentário em “Trai o meu namorado com meu primo”

  1. ótimo conto..sempre que leio fico puto de tesão e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada, as vezes sendo uma evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida enfim mulher que gosta de ser bem fodida, ou tenha fantasias e desejos mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,quero até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos e vontades.

    whts (um,nove)nove,nove, ,nove,zero,cinco-sete,zero,dois,três

    alex.35.dotado gm a i c om

Deixe um comentário