Vontade Enorme de dar o cuzinho

Nesse conto erótico narro com detalhes em que tem um tempo estou sentindo um tesão imenso em dar o cuzinho pro meu marido.
Na segunda-feira, meu marido chegou mais cedo e me trouxe um presente: Máscaras Pretas de Carnaval. Lógico que já sabia sua intenção. Como havia ficado o dia todo fora, meu bebê de cansou bastante. Assim que meu marido chegou deu um banho nele, eu dei tete e ele dormiu, Lógico que fomos aproveitar esse tempo de folga.

Disk Sexo

Fomos pro nosso quarto e colocamos as máscaras.
Meu marido montou em cima de mim e começou a me beijar loucamente. Aquela máscara realçou seus lindos olhos verdes, o que me fez sentir mais tesão ainda. Aquele olhar fixo, olhar de um predador comendo sua presa (só de lembrar fico toda molhada).
Ele começou a mamar meus peitos e roçar sua rola na minha ppk (ainda estávamos vestidos).
Não demorou muito pra que ele arrancasse meu shorts e minha calcinha. E logo sua cueca. Eu estava tão molhada que minha ppk escorria. Estava cheia de tesão. Um pouco depois senti sua pica quente dentro da minha bucetinha molhada. Eu sentia meu corpo pegar fogo.
Estava em êxtase.
Ele fodia minha ppk devagar e ia aumentando a velocidade.
Comecei a sentir meu cuzinho piscar, era uma sensação tão gostosa. Eu sabia que ele queria rola.
Foi aí que pedi pro meu marido comer meu cuzinho.
Eu montei em cima dele e fui sentando com meu cuzinho na sua pica bem devagar. Depois que entrou tudo (com muita facilidade), eu comecei a aumentar a velocidade (subia, descia, fazia movimentos vai e vem). Quanto mais sua pica estava enterrada no meu cuzinho mais tesão eu sentia.
Me debrucei em cima dele e ele começou a mamar meus peitos e me xingar de putinha, cachorra… Com isso meu tesão aumentava mais e mais.
Quando eu estava quase gozando, senti seu pau pulsar dentro do meu cuzinho e comecei a cavalgar mais rápido. Não demorou muito e ele encheu meu cuzinho de porra. Foi uma sensação tão deliciosa.
Finalizamos tomando um delicioso banho juntos.

1 comentário em “Vontade Enorme de dar o cuzinho”

  1. Eu casei minha esposa era virgem eu sempre quis comer o cuzinho dela mas ela não aceitava passou muitos anos ela já com seus 40 anos fomos ver um filme pornô no cinema ela viu o ator comendo o cu da atriz ela ficou louca falou pra mim que quando chegar em casa vou te dar o cu eu fiquei louco de tesão por que já tinha tentado várias vezes e ela não deixava fomos pra casa eu já está de Paula duro ela já foi me derrubando na cama me falando vem comer o cuzinho da sua puta já fui preparado um lubrificante e ela ficou de quatro efiei tudo no cuzinho da minha esposa foi outra lua de mel ela viciou em da o cu hoje nos fazemos sexo anal toda semana

Deixe um comentário