Encontrei o cara do bairro vizinho no grindr

Pra quem não me conhece: sou loiro, 23 anos, 165 cm de altura, corpo normal, bunda grande e totalmente passivo.
Aqui na cidade onde moro, preciso atravessar um bairro pra poder chegar a universidade onde estudo. Como meu curso é integral, às vezes eu faço esse percurso tanto de manhã, bem cedo, umas 6h45, como de noitinha, lá pelas 18h.


Nessas idas e vidas, comecei a reparar num cara meio musculoso, meio parrudinho, moreno, cara de mau, cara de quem tava chegando nos 30, com uma barba ralinha que morava numa casa nesse percurso que eu fazia. Comecei a reparar que ele ficava sentado sem camisa de noite, em frente a sua casa, exibindo seu corpo forte. Típico de cidade pequena isso. Mas o que me fez achar que ele curtia foi que, pelo menos umas duas vezes, quando estava indo de manhã pra faculdade, bem cedo, vi uns caras saindo da casa dele. Um dos caras era bem magrinho, com jeito de viado. O outro era um cara mais com jeito de homem. Ai pensei: não é possível que esse cara curta outros caras…
Na minha cabeça, eu pensava em como ia fazer pra descobrir isso. Pensei em comprar pão numa padaria do lado da casa dele, quando ele estivesse na frente, pensei em fingir que eu tava perdido e fingir informação, pensei em botar um bilhete no correio dele com meu número… mas eu sou muito mole pra dar em cima de alguém que eu não sei se curte… (inclusive aceito dicas).
Um dia eu tava de bobeira pelo grindr, ai comecei a conversar com um cara cujo nick era o nome do bairro do cara de cima. Quando perguntei em qual rua ele morava, batia com a rua do cara. Aí pensei: é ele! Mandei minha foto, ele me reconheceu e mandou a dele e era ele mesmo! Em seguida, pedi uma foto da piroca e era bem gostosinha (achei que seria maior, pelo porte dele, mas…), grande e grossa na medida certa, uns 17 cm, moreninha da cor da pele dele e com a cabeça meio vermelha (foto abaixo). Aí combinamos de eu ir na casa dele no dia seguinte.

Quando cheguei lá, foi o maior rolê, porque não podia fazer muito barulho porque algum parente dele morava nos fundos e tal e a família não sabia dele. Enfim, fomos pro quarto, deitamos na cama, comecei a beijar ele, pense num beijo gostoso, do jeito que gosto, chupava a língua dele, ele chupava a minha, multa saliva, comecei a pegar no pau dele por baixo da bermuda de academia dele, começou a endurecer e era um tamanho realmente bom (eu sou baixinho, com a mão pequena haha), comecei a mamar aquela rola com gosto, babava muito, ele segurava forte no meu cabelo e me fazia engolir até o talo, eu tava engasgando naquela pica, ai parei de mamar e cuspi no pau e punhetei o pau dele e ele sempre me beijando, sentindo o gosto do pau dele na minha boca. Ai tirei toda a roupa, abracei ele, passando a mão pelas costas musculosas dele e pela bunda (pense numa bunda durinha) e fiquei na posição de frango e ele sarrando o pau na minha bunda, eu sentindo o pau todo molhado, melando meu cuzinho. Ai começamos a fazer um 69, ele chupando meu cuzinho e enfiando o dedo e eu me acabando naquele pau e pegando na bunda durinha dele. Agora pense num cara que sabe chupar um cu! Nunca tinham chupado meu cu daquele jeito! Ele enfiava a língua la dentro, mordia minha bunda, cuspia bastante, senti cada arrepio que eu nunca tinha sentido antes. Ele começou a enfiar o dedo de um jeito que me deu um puta prazer e começou a chupar meu saco junto. Ai não teve jeito: acabei gozando na minha própria barriga. Quando gozei ele saiu de cima de mim e riu perguntando: “mas já?” Disse que tava muito gostoso e que era a vez dele. Ai voltei a mamar, ele sentado na cama e eu ajoelhado no chão. Ele pegou minha cabeça e começou a fazer um movimento rápido, eu tava com dificuldade de respirar, mas tava sentindo que ele tava perto de gozar. De repente o pau dele começou a contrair e ele começou a retesar os músculos do abdomén e peitoral dele e o gozo veio bem no fundo da minha garganta. Foi uma cena muito tesuda. Ele só soltou minha cabeça depois que terminou de gozar. Era muita porra, não consegui engolir tudo, um pouco escorreu pelos cantos da minha boca. Ai ele rindo me deu um beijo todo esporrado, muito tesão vei. Ainda fiquei sarrando com ele na esperança do pau endurecer pra levar vara, mas ele disse que tinha batido uma antes de eu ir, foda véi.
Depois disso, pedi pra lavar minha boca e um copo de água e fui pra casa.

Agora tô vendo o dia que vou lá levar vara kkkk

Sexo por Telefone

1 comentário em “Encontrei o cara do bairro vizinho no grindr”

Deixe um comentário