Nosso presente de noivado

 

Somos um casal jovem , recém noivos, em uma sexta feira saímos pra jantar, conversamos , rimos e bebemos um pouco além da conta. Nunca escondi meu tesão por travesti , abri o jogo com ela que quando estava solteiro cheguei a sair com uma e gostei muito, pois bem estávamos voltando da janta , felizes , ela alisava minha rola por cima da calça enquanto mexia no telefone. Foi ai que entramos na avenida e logo avistei uma trans , diminui a velocidade para poder observar ela bem, Carla (noiva) notou e começou a observar também. Era uma morena cabelos cacheados, tinha uma boca carnuda e vestia uma roupa simples mas que à deixou muito sexy, uma blusinha soltinha e um short bem apertadinho de couro que definia a bunda e as pernas ficavam amostra , que eram bem grossa, devia ter 1,80 , mais alto que nós dois. Quando passamos por ela, a Carla elogiou , disse que parecia ser bem gostosa e que deveria ter uma bela rola!! Concordei na hora , fiquei cheio de tesão e percebi que a Carla também ficou na hora que senti ela apertando minha rola. Fiz a volta e passei por ela novamente, para conferir melhor aquela cavala, estava com um pouco de vergonha mas perguntei pra Carla, e ai vamos?? Ela só balançou a cabeça confirmando, estacionei e a chamei , ela se apresentou como Rafaela, tinha uma voz rouca que me deixou com mais tesão ainda , perguntei o valor?? Me respondeu que era liberal e cobrava $200,00 pra casal, mas como ela tinha gostado de nós , faria por $150,00. Convidei pra entrar no carro , ela entrou e como eramos nossa primeira vez com uma trans estávamos encabulados, e a Rafaela puxou assunto , aos poucos fomos se soltando e trocamos algumas idéias , minha curiosidade estava me matando e não resisti muito tempo , e logo perguntei sobre seu dote? olhei no retrovisor e vi o sorriso safado que ela deu, me respondeu apenas que eu iria gostar muito… Fiquei imaginando até chegarmos no motel, pegamos a suíte e logo entramos , Carla foi no banheiro e eu ja aproveitei e dei um longo beijo na Rafaela… Quando Carla saiu do banheiro e viu a cena veio rapidamente e me abraçou por trás , senti sua boca molhada na minha nuca e a boca carnuda de Rafaela me beijando, logo fui me soltando mais, abri o ziper e tirei minha rola pra fora, meu pau latejava muito.. Carla se abaixou começou a mamar , chupava com muita vontade.. Rafaela se afastou um pouco, tirou sua blusa mostrando seus seios , abriu o ziper do shortinho e com um pouco de dificuldade conseguiu tira-lo , vestia uma calcinha de renda amarelinha que se destacava em seu corpo, veio até nós , alisou o cabelo da Carla ,ficou bem próxima, foi ai que Carla parou de me mamar e baixou a calcinha de Rafaela, quando a calcinha desceu logo apareceu sua rola, e que rola, toda lisinha , estava ainda mole mas já dava pra perceber o tamanho, Carla começou a mamar ela , olhando essa cena comecei a punhetar , com muita vontade, Carla então me puxou , e colocou minha mão na rola de Rafaela que estava completamente dura, media uns 19cm , e grossa , tinha umas veias saltadas de tesão por toda rola… Me abaixei e comecei a saborear, Rafaela gemia de tesão enquanto Carla segurava minha cabeça e forçava contra aquela rola dizendo:
Chupa meu macho, chupa gostoso…. Eu ajoelhado mamando aquela rola, senti a mão de Carla na minha bunda , começou acariciar e meu tesão foi aumentando, no momento que ela percebeu como eu estava gostando se abaixou e foi lambendo minha bunda, sei que ela queria chegar no meu cu, então abri um pouco meu rabo e comecei a sentir sua língua tentando invadir meu cu.. Não demorei muito e me gozei todo, sem ao menos encostar na minha rola….
Bom isso foi o inicio da nossa noite, mas no próximo conto eu acabo de relatar essa noite maravilhosa que tivemos…

Sexo por Telefone

Uma resposta para “Nosso presente de noivado”

  1. Ninguém imagina que na intimidade gosto de usar calcinhas e enfiar consolos na minha bunda.Quero conhecer mulher que sinta vontade de praticar dominação mútua incluindo inversão.
    [email protected]
    São Paulo capital, campinas, votorantim e viajantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *