Minha esposa safada botando chifre em mim

Eu ando um pouco frustrado pessoal, por favor, me dêem dicas, aqueles que já foram, aqueles que sabem como é, e espero que vocês gostem do conto, apesar de tudo, eu também me excito muito. Minha mulher é muito bonita, eu sabia que os homens olhavam ela, mas ela sempre foi muito delicada e reservada, eu só não conhecia esse lado safado dela. Ela havia me dito que havia entrado um rapaz novo no trabalho dela, que era parecido com o meu primo, dava os traços

 


dele. Enfim, toda vez que a gente saia, eles iam junto, o rapaz novo se chamava Igor, e tinha uma namorada também, e sempre íamos juntos a qualquer lugar. Bom, certa noite, eu comecei a desconfiar com tanto encontro que tínhamos, depois que peguei o celular, eu via mensagens bem ousadas de ambos. Eu comecei a sair também, mais do que antes. Havia dito que iria trabalhar até tarde naquele dia, e coloquei a câmera dentro do meu armário de roupas que havia filestras, pegava bem o ângulo da nossa cama (eu já havia gravado alguns vídeos nossos, por isso coloquei lá). E saí.

Bom, o vídeo mostrava ela chegando em casa ao lado dele, ambos sozinhos, conversavam por um bom tempo, até que Igor agarrou suas pernas e beijou sua boca, ela não recuou, cedeu o beijo e parecia ter gostado, envolveu a mão em cima da sua calça, e a mão dele foi para dentro da calcinha dela, por baixo de uma saia.

– Seu marido não vai chegar mesmo né?

– Não, ele ta trabalhando até tarde, Go. Vamos que hoje eu sou tua, vai… Não quero perder um segundo.

E depois, ele descia da cadeira, e enfiava o rosto no meio das suas pernas, ela gostava, colocava a cabeça para trás, e ele punhetando o pau, até que ela disse que era a vez dela, e o jogou na cama, ficou de quatro, com a bunda empinada e a calcinha de lado na direção da câmera, ainda sim dava para ver o pau do igor sobre a mão dela, e ela punhetando e beijando a cabeça, fechava os olhos e mamava com gosto, com vontade, descia toda a garganta, a ponto da sua língua tocar as bolas por lá, ela nunca foi safada daquele jeito. Ela rebolava no ar, chupando ele, e riu baixo naquela hora.

– To toda molhada com esse teu pau, Igor. Vai me comer?

– Tu babou todo meu caralho, sua safada, depois tu vai secar isso em, e vem cá…

Ele pegava ela pela bunda, e colocava em cima do seu pau, numa cavalgava de frente, seus seios pulava no rosto dele, e ele abocanhava, eu via todo o pau entrar até o último centímetro nela, ela gemia, berrava, e ordenava para que ele continuasse a meter fundo nela, algumas posições, gozos, e a última foda da noite, ele meteu no cu da minha esposa, sério… Ela nunca havia deixado eu fazer isso, e deixou ele, ela ia gritando baixo, mordendo a fronha, até não agüentar, ele gozou na boca dela, e depois ficaram se beijando na cama, até de manha, quando ele foi embora.

Eu cheguei e vi o vídeo inteiro, perguntei o que ele tava fazendo aqui a noite passada, e ela tava um pouco assada, um pouco não, tava muito, mal conseguia caminhar por que seu cu tava arrombada, ela disse que havia convidado ele para ver um filme e jantar, por que tava sentindo medo. Ai eu pensei: Filme… E o jantar foi o pau dele. Kk

Bom pessoal, é gostoso, mas eu fui traído, eu recebi um conselho de um grande amigo meu aqui da minha cidade, ele disse para mim aproveitar, e comer outra mulher, bom… Eu tenho outro conto que agora esse é meu, seria a minha vingança, num desenrolar bravo com uma amiga dela, levei para a cama.

Sexo por Telefone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *