Socando a Piroca na Madrasta

Meu pai era um homem de sorte, no ousar dos seus 47 anos ele vivia a vida de boa, uma bela casa, dinheiro e sem contar ele tinha arrumado uma bela mulher, apesar da separação com a minha mãe ter sido conturbada eu e ele sempre tivemos boa amizade, vivia na casa dele, pois éramos muito apegados.

Eu e ele curtíamos malhar juntos e jogar futebol, eu no auge dos meus 18 anos curtia namorar e badalar tinha uma vida normal e trabalhava num escritório de contabilidade da família; ele era empresário na área de carro e a vida seguia.

Continue lendo “Socando a Piroca na Madrasta”

Comendo a patroa safadona

Já estava de olho na patroa safadona, uma coroa com seios fartos, loira com cabelos liso, toda vaidosa e por volta de seus 45 anos.

Sou Jefferson e tenho 1.80 de altura, curso educação física e prático academia à 3 anos, tenho 25 anos e estou em forma, sou um cara boa pinta, como dizem por aí. Kkk. Quanto a mulher pra mim curto aquela que se cuida, tem brilho próprio e saiba se valorizar.

Cheguei aquele dia mais cedo no trabalho e Jorge já estava lá, meu patrão é um senhor de uns 60 anos, trabalho no escritório como moto boy e tenho que ouvir suas grosserias o dia todo, mas preciso do trampo e por isso tô de boa.

Continue lendo “Comendo a patroa safadona”

Comendo o cuzinho da novinha safada

Sou Rafael tenho 18 anos, adoro academia, tenho cabelos cacheados e corpo bacana, pele morena clara e um dote de 19 centímetros nunca e nunca tive dificuldades de encontrar mulher pra comer, afinal sou um cara bem aparente.

Desde muito novo sou viciado em uma buceta, mas não posso negar que um cuzinho apertado também faça bem rsrsrs, fato este que conheci Bruna umas das garotas mais putas que conheci, foi numa festa regada a bebida que fui apresentado a aquela novinha de seios fartos, ela tinha a mesma idade que eu, branquinhas e dona de um rabo de fazer marmanjo bater altas viajando.

No primeiro momento foi apenas uma conversa de começo, logo começamos a beber e o papo foi ficando mais firmeza, logo a garota demonstrava sua fragilidade e sua vontade em querer o garoto aqui, e eu é claro aproveitei, confesso que ela era piradinha de tudo.

Continue lendo “Comendo o cuzinho da novinha safada”

Mulher carente e fogosa afim de putaria

Olá meu nome é Baccco(fictício) tenho 43a 1,82mts 102kg olhos claros moreno cabelo raspado sou segurança e este é meu primeiro conto de muitos q c certeza virao todos veridicos sou separado e no começo confesso q fiquei meio perdido n sabia como recomeçar mas a vida n para e tentando me encontrar comecei a sair barzinhos churrasco c amigos mas nada de encontrar uma mulher q tirasse o fôlego,porem um dia chegando em casa dpois de mais um evento na madrugada e s sono resolvi entrar no site de relacionamentos na qual tinha feito cadastro mas ninguém q me agradace me despertasse algo pensei ate em deletar a conta qdo aparece a foto de uma MORENA E Q MORENA n pensei duas x foi dar uma olhada no seu perfil divorciada 2 filhos a procura de amizade ou algo mais serio aquele papo de sempre, morava em outra cidade mesmo assim mandei uma msg p ela e fui dormir,qdo acordei vi q tinha msg

Continue lendo “Mulher carente e fogosa afim de putaria”

Pagando um boquete enquanto ele dirigia

Olá vou narrar uma deliciosa história erótica que aconteceu comigo, depois daquela entrevista de emprego louca, o entrevistador me ligou e eu fui admitida na agência. Como eu era uma das meninas novas, eles não davam os trabalhos mais avançados. Logo, meu primeiro afazer foi acompanhar um homem em uma festa, apenas.

Vestido preto elegante, batom vermelho sangue, cabelo feito, maquiagem impecável. Lá estava eu aguardando aquele homem no local de encontro marcado.

Continue lendo “Pagando um boquete enquanto ele dirigia”

Enrabada deliciosa pelo meu chefe

Eu estava na cama com um homem, tudo ia bem até que ele tentou forçar um sexo anal que não estava nos planos. Não deu certo, é claro. Meu cuzinho ainda era virgem e eu não estava preparada para o mesmo. O tal homem ficou bravo, furioso e tudo terminou ali mesmo.

De volta ao trabalho, naquele tempo eu ainda morava no alojamento com outras meninas. Certo dia, era meio da tarde quando eu fui surpreendida ao ser chamada até a sala da chefia.

Sem entender muito, eu adentrei ao local e lá estava aquele homem. O mesmo da entrevista de meu primeiro conto.

Continue lendo “Enrabada deliciosa pelo meu chefe”