Fodendo com a melhor amiga da minha mãe

Hoje com 24 anos, lembro de todos os detalhes de como aconteceu tudo com a melhor amiga da minha mãe.

Disk Sexo

Minha família, podemos dizer que é considerada classe media-alta. Minha mãe e dona de alguns centros de beleza e estética enquanto meu pai e dono de uma empresa de gestão de condomínios bastante conhecida aqui na cidade. Minha mãe tem uma melhor amiga desde infância… Estudaram juntos e até hoje são coladas uma na outra. O nome dela é “Luiza”.
Luiza tem uma personalidade muito alegre, brincalhona, sempre sorridente e feliz… muito amiga, atenciosa e bastante carinhosa. Ela era casada com o “João” por mais de 15 anos. João era o oposto dela. Sempre na dele, calado, porem os 2 eram muito simpaticos e ainda são….

Luiza não tinha um corpo gostosão como você deve pensar… ela tinha uns traços bonitinhos de cara. Ela nao era nem gorda nem magra, era Roliça, tinha Perna grossa, uns pneus na barriga, uma bunda caida, tinha peitos grandes, mas não exagerado… sobrava um pouco na mão, porem caidos e moles e era baixinha (pelo menos eu era mais alto que ela), Era loira queimada…. Sabe quando você vai no interior e encontra aquelas loirinhas com sarda na cara e tem a pele amarelada? pronto, Essa e a LUIZA.
O que me atraiu não foi sua beleza física, mas sim sua personalidade…. E com 15 anos comecei a reparar mais nisso. Luiza e minha mãe eram socias, mas elas sempre foram mulheres que tiveram na pobreza, então nunca foram daquelas mulheres que nãos sabem fazer nada…. lavam a casa, cozinham, não tem frescura com nada. Luiza cuidava muito de mim quando eu era criança, então quase que via ela como tia. Com 15 anos, estava doido… hormonas no máximo. So pensava em pegar as meninas etc… mas nunca pegava… sempre rejeitei piriguete… e toda festa que tinha e que eu ia…. mulher não faltava… era só apontar que eu tinha, porem meus amigos todos já tinham pegado…mas eu não queria carne rodada dos meus amigos.
Minha mãe e meu pai gostavam sempre de fazer uns churrascos la em casa porque tem piscina, gramado e uma churrasqueira, então joão e luiza eram sempre convidados. Luiza sempre muito brincalhona bagunçava meu cabelo, eu ia e fazia cocegas nela, ela corria…. enquanto isto meu pai la conversando e bebendo com joão e minha mãe com uma amiga dela. Luiza estava a cortar pedaços de queijo pra assar, e eu passei pela cozinha e vi ela de costas e pensei:
-Vou dar um susto nela agora!!
Fui devagarinho por tras pra assoprar o pescoco dela e quando cheguei bem atras dela que ia assoprar o pescoço dela, ela da um passo para tras para tirar um tempero que estava num armario em cima. Quando ela da o passo pra tras, ela bate com todo seu corpo em mim, e consequentemente ela encaixa a bunda dela mesmo no meu pau. Ela estava vestindo bikini so, e eu estava de sunga. Quando ela da uma bundada, ela leva um susto.. e se vira e eu começo a rir e ela começa a rir tambem a tentar me beliscar e eu fugi…. quando cheguei no quarto… Eu não parei de pensar naquilo que tinha acontecido… Fiquei DOIDO….. Sabe quando voce esta com tanta vontade mas não pode fazer nada? Pronto… Esta sensação e terrivel! E eu tinha a certeza que ela tambem sentiu meu pau…
Encaixou tão bem que eu senti até a rachadura quente dela.
Neste dia foi quando tudo começou.
Eu a se fazer que nada tivesse acontecido, continuamos com nossas brincadeiras… mas na minha mente agora ja tava doido pra conseguir encoxar ela outra vez.
Ja de noite, eles vieram com uma ideia de viajarem em dezembro. Estavamos no inicio do ano ainda, então faltava muito.
As coisas para mim mudaram desde aquele dia. Fiquei louco de tesão so de lembrar de Luiza…
Batia a pensar nela todos os dias…. Toda vez que ela ia la em casa que era quase todos os dias, nos brincavamos e ficavamos a fazer besteiras. Ela como era muito minha amiga, sempre perguntava
Luiza – E as namoradas??
Eu: – Não tenho, não tem nenhuma que preste.
Luiza – Aproveite a vida menino! qualquer dia ela aparece. Um gato que nem você qualquer uma pegaria. Se fosse mais nova fazia sua folha viu!
Eu ria e ela também. Nos sempre brincávamos mas nunca levei a serio aquilo… mas depois daquela encoxada… Eu so pensava nela…
Ate que meus pais Fizeram um churrasco no meio do ano la em casa, e como sempre, luiza e joão estavam la! Eu ja com aquela visão da encoxada na cabeça… aquilo nunca mais saiu da minha cabeça… eu estava a espera do exato momento pra tentar fazer a mesma coisa. Esperei, esperei, ate ela dizer:
-Vou na cozinha!
BAM! Chegou a hora (falei pra mim mesmo)! Esperei ela ir na frente… Quando chego na cozinha que vejo ela de costas… até meu pau cresceu, eu ja com o coração a mil, vou devagar pra fazer a mesma coisa, quando estou ja a andar pra ir até ela, João chama ela e eu pra não ser visto, saio rapido como se tivesse a ir pro quarto.
Quando chego no quarto, eu fico irritado, frustrado, até que respiro fundo e me acalmo.
Mas…… uma luz fez minha frustração e raiva desaparecer quando eu ouvi uma pessoa a pular na piscina, e quando vou ver quem é, é Luiza. Meu pai e João estavam muito entretidos ali no whiskey e pouco se preocupavam com minha mãe ou luiza. Minha mãe tava com mais 1 amiga dela e a empregada na cozinha e a piscina era do lado da casa, então meu pai ou joão só iam conseguir ver metade da piscina. Eu tava tão excitado outra vez que fui tb pra piscina. quando cheguei la, sentei na beira da piscina com os pés dentro da água e ela disse:
Luiza: -Entra menino! Esta ÓTIMA!
Eu: -Nah esta agua esta fria demais!
Luiza: -Esta nada!
Ela vem e me puxa pelos pes e eu tentei não ir mas ela conseguiu me puxar pelos pes e eu cai na agua!
Quando eu entrei na agua, fui tentar pegar ela, e ela tentou fugir mas quando chegou na quina da piscina, ela ficou sem saida e eu comecei a fazer cocegas nela a dizer
Eu: -Quem mandou voce me puxar??? Ninguem mandou, agora vai sofrer
Ela morria de rir, a tentar segurar minhas mãos.
Meu pau ja duro duro, tava com muito medo de tocar nela e ela ficar chateada e contrangida e dizer minha mãe.
Então eu louco pra tocar o pau nela, mas minha consciencia falou mais alto, e eu comecei a tentar se afastar, porem, no meio das cocegas, eu consigo soltar uma mão dela e quando vou fazer cocegas ela faz um movimento brusco de defesa pra se defender das cocegas e bate e roça uns 3 segundos no meu pau duro com a parte do lado da bunda, porque ela ficou de lado para mim . Pra mim aquilo no momento foi bastante vergonhoso e constrangedor… Pensei mesmo que ela ia ficar assustada e não ia falar mais comigo, mas eu neste momento soltei ela e no meio disto pra tentar se fazer como nada tivesse acontecido ficamos a mandar agua um no outro.
Nestes dias seguintes foi Masturbação diaria a pensar nela… A bunda dela tinha uma textura muito mole, tanto que o pau entrou no lado lateral da bunda dela… era muito molinha. eu simplesmente fiquei doido, ainda por cima neste tempo era virgem… então Esse tesão cada vez so piorava.

Teve um dia que chego em casa da escola… lembro ate que foi uma sexta-feira e vejo minha mae, pai joao e luiza na sala a discutirem os 4…. minha mãe e luiza queriam hotel 5 estrelas porque era mais confortável blablabla… enquanto joão e meu pai queriam 4 estrelas porque era mais barato etc…. Como sempre acabam que as mulheres ganharam e decidiram que íamos os 5 para este hotel 5 estrelas em dezembro pra passar 1 semana la.
do meio do ano até dezembro passei o tempo todo a imaginar eu pegando luiza… batia varias a pensar nela… mas como era ingenuo e virgem, era complicado e o máximo que fazia era só imaginar…..
Ate dezembro continuou tudo normal… Luiza como sempre brincava comigo, eu com ela… mas nada demais.
Quando chegou dezembro, parece que piorou tudo…. a tensão e ansiosidade era enorme…
Quando chegou o dia, nos fomos. Até ai tudo bem… eu no carro com meus pais e eles no carro deles.
Chegamos no Hotel, um hotel muito chique, fino… realmente nada de classe media-alta que sou acostumado a ver.
Fomos para o quarto. O quarto era para ficar nos 5, porem o quarto que nos ficamos era grande e dava tranquilamente para os 5 dormir.
Chegamos de manha cedo, e ja na hora do almoço fomos para a piscina. meu pai e joao comecaram logo com o whiskey, minha mae e luiza na cerveja. Um calor desgraçado, o hotel lotado. Neste hotel tinha toboga, então eu tava sempre la… O tempo passou e eles la bebendo e comendo espetinho etc…..
Comecei a jogar futebol, acabei o jogo, ja era de noite e quando fui la eles ainda estavam la a beber… todos euforicos…
Chegou de noite e eles ainda la bebendo, EM plena noite um calor infernal, eu todo suado disse:
Eu: -Vou pra piscina
Mãe: – Eu daqui a pouco tambem vou, vou so jogar aqui um jogo de baralho.
Entao ficou João meu pai e minha mãe a jogar e luiza disse:
Luiza – Eu acho que vou pra piscina.
Então nos fomos pra piscina os 2. No meio do caminho começou a vir aqueles pensamentos que eu tinha e meu pau começou a crescer. Olhei discretamente para ver se dava pra ver mas nao dava porque não tava 100% duro mas tava a começar. Quando chegamos na beira da piscina, ela empurrou-me mas eu com reflexos antes de cair consegui segurar no pulso dela e ela veio junto, e quando caiu na agua, ela caiu com os peitos na parte superior do meu peitoral…. Puts.. ai e que eu fiquei doido mesmo…. comecei a tentar fazer cocegas, e ela se mexia quase que de proposito pra tocar no meu pau…. na minha consciencia algo estava errado ali…. Mas depois percebi que ela tinha bebido e talvez nem sequer sentisse isso. Enquanto isso eles jogavam cartas e nem sequer reparavam em nos 2. Parece que nem existíamos.
Eu com esta situação aproveitei o máximo… toquei bastante na perna dela com meu pau, e tentei na bunda dela mas era um pouco mais difícil porque estava a tentar tocar como se fosse sem intenção.
Pronto… ate que paramos e ficamos a conversar… nisto meu pau latejando dentro da água…. a sorte foi essa!
Decidimos todos subir pra ir dormir… Até ai tudo bem.. cada um tomou banho e fomos todos dormir.
No dia seguinte acordo e vou treinar porque no hotel tinha academia. Então Tudo bem, neste dia ficamos por la mesmo, minha mãe com ressaca, luiza a cuidar dela, e meu pai e joão no whiskey outra vez. No terceiro dia foi que tudo aconteceu realmente.
De manha, minha mãe ja curada da ressaca, joão, Luiza e meu pai decidiram ir mais cedo tomar café no hotel. Perguntaram se eu vinha, eu tava morto de sono, disse que não, então eles foram. Eu acordei umas horas depois. Quando levantei, chega luiza uns 10 minutos depois no quarto e eu como acordei todo quebrado, tava com os musculos todos doloridos, fui passar spray de dores muscular que tinha na bolsa da minha mãe. Luiza viu e perguntou:
Luiza:- Bom dia garoto!
Eu: -Bom dia! Ta fazendo o que aqui?
Luiza:- Vim buscar o celular que eu esqueci!
Eu: Ah! ok!
Luiza: – O que aconteceu menino? Vai usar o spray porque?
Eu: – Estou com umas dores musculares da porra. Quase não me mexo aqui.
Luiza- Deite ai na cama, eu faço uma massagem
eu: Sério mesmo?
Luiza: – Sim, Deite ai!
Eu deitei na cama e ela disse:
Luiza- Fique de barriga pra baixo!
Eu fiquei de barriga pra baixo, ela pegou um oleo que ela tinha na bolsa
Começou afazer passagem pelo pé! Eu dissE:
Eu: -No pé não doi
Luiza:-Menino, fique calado e relaxe! Eu sei o que tou fazendo ta? (e deu uma tapa na minha perna)
Ela fazendo massagem… eu inicialmente estava todo contraido, porque estava nervoso, mas depois a massagem dela começou a fazer efeito e eu começo a perder as forças… fechar os olhos e tenho aqueles minis sonhos. Meu pau começou a crescer… e eu comecei a ficar preocupado com a situação… se ela visse a forma que ele estava, eu ia morrer de vergonha. então ela acaba a perna e começa a fazer nas costas, sendo que ela senta em cima da minha bunda pra se apoiar e fazer massagem… Meu pau já tava quase a 100%, ate estava a incomodar um pouco porque estava de barriga pra baixo.. e enquanto isso ela fazia a massagem nas costas…. ate chegar nos ombros…. Era muito tesão e ao mesmo tempo relaxamento e dor porque ela esticava o músculo com os dedos e isso dava um alivio e uma dor ao mesmo tempo….
Quando ela acabou nas costas… disse:
Luiza:-Ok nos acabamos
Eu: Ahh ok! Estou muito relaxado agora! nem consigo me mexer!
Luiza: AHHH esqueci uma coisa, falta a massagem facial, se vire de bariga pra cima! (ela levanta um pouco pra eu ter espaço pra me virar)
Eu: – Ai e que eu vou adormecer mesmo! (tentando arranjar tempo pra fazer com que o pau ficasse mole)
Luiza: – Se vire, A massagem so falta isto!
eu: Ok entao (morto de vergonha, me virei com o pau durissimo)
Eu como estava vestindo calça de pijama, eu nao utillizo cueca por baixo, então o volume tava muito alto.. eu me virei todo duro com vergonha e quando me virei ela sentou em cima do pau duro! Eu todo duro de olho fechado tentado o maximo nao dar espasmo no pau porque ela tava so de vestido de praia e bikini, então sentia todo o papo dela encostada no meu pau….
Ela quando começou a fazer a massagem comentou:
Luiza: – menino…… e grande viu!!
eu: – o que?
Luiza: Isso aqui (ai roçou em cima dele)
Eu: ahhh hahaha! (comecei a dar espasmos)
depois de 1 minuto dela a fazer massagem na minha cara e eu a dar espasmos ela diz:
Luiza: Menino….. pare com isso… se acontecer alguma coisa depois não se arrependa..
Eu: Eu não me arrependo de nada não…
Luiza: eh mesmo? então depois não se arrependa.
Toda vez que dava espasmos, ela tentava se conter mas a vontade dela era tanta que ela propria involuntariamente empurrava com mais força pra baixo… se tremia… Até que ela disse:
Luiza: -Ja nao aguento mais!!!
Começou a me beijar e em menos de 30 segundos ja tava com a mão no meu pau… meu pau ja tava babando faz tempo!
Da forma que ela estava em cima de mim, ela retirou meu pau de dentro do pijama e ja encaixou dentro dela entre o bikini. Ela estava ensopada.. Tao ensopada que o pau não teve quase problemas nenhuns em entrar!
Eu acho que nunca sofri tanto pra segurar meu gozo na minha vida! Estava tão apertado e tão quente… ao mesmo tempo a ouvir o gemido dela perto do meu ouvido… parecia que ela não tinha sexo por muitos anos e estava desejando faz tempo… Ela estava tão excitada que nem sabia o que fazer…. Naquele tempo meu pau tinha uns 17cms duro. Hoje ele chega aos 19cms, mas tenho 24 anos.
A forma que ela estava fazendo sexo comigo era muito estranho, porem muito excitante… ela colava todo o corpo dela sobre o meu e parecia que não queria descolar! toda vez que ela empurrava e roçava junto, ela gemia no meu ouvido…. parecia que precisava mesmo de sentir ,eu pau duro dentro dela…. e eu a gemer e me agarrando em tudo que e lugar pra me aguentar e não gozar… ate que eu não agentei e avisei no ouvido dela que ia gozar…. eu tava tão desesperado que ja não aguentava! ia sair uma bomba! Ela repetiu umas tres vezes -Goze, goze, goze tudo! e gemia. Ela não conseguia sequer falar direito ou respirar!
Quando eu comecei a gozar, até doeu de tanta porra que saiu….. ela quando sentiu a bomba a sair, ela começou a tremer e a gemer e a arranhar, beliscar, puxar cabelo, morder, nem sabia o que fazer…… parecia que estava com falta de ar(era orgasmo, mas eu não sabia o que era naquele tempo)… e eu ja sem energia alguma….. tinha morrido ali mesmo, mas tentando ganhar energia ao ver ela naquele estado, comecei a tentar a empurrar pra dentro dela pra deixar ela pior…. Ela começou a tentar parar mas eu empurrei e continuei e ela já nem conseguia falar….. ate que não aguentei mais… Nos 2 ficamos ali…. na mesma posição que nos estavamos… por cerca de 2 minutos sem se mexer… só a respirar e a passar a mão um no outro!
Aqueles poucos minutos pareciam que tinham passado horas.
Nos depois disto se levantamos, prometemos um ao outro que ninguém iria saber e que depois falaríamos mais sobre isto.
Ela pega o que tinha de pegar, se limpa e desce pra onde estão minha mãe com meu pai e joão.
Eu fui tomar banho e fiquei ainda sem acreditar no que tinha acabado de acontecer ali mesmo!
Simplismente não acreditava… Eu nunca imaginei sequer que tal coisa pudesse ter acontecido. Claro, imaginava encoxando ou pegando sem querer em alguma parte dela, pra ser realista, mas nunca realmente tendo alguma coisa com ela.
Então eu acabar de tomar banho, desco e vou comer. Estava tendo uma festa la em baixo perto da piscina, com os animadores do hotel etc. Continuamos normalmente sem dar nenhuma pista do que tinha acontecido.
No dia seguintem, eu acordo e vou pra janela e vejo na praiaunsveiculos aquaticos que para andar nele tinha de pedalar…
Pedi a minha mãe para ir la, mas ela disse :
mãe-Você sozinho la? Nem a pau! Vai não!
Eu a tentar e ela não deixava ate que luiza ouvindo tudo disse:
-Luiza- Deixa mulher, eu vou com ele!
E ai e que minha mãe deixou eu ir. então depois do café da manha, nos fomos e eu cheguei e aluguei um daqueles barcos e começamos a pedalar…. nos 2 sem falar muito… até que veio uma onda e nos molhou! nos começamos a rir e apartir dai começamos a falar normalmente…. Até que ela pergunta:
Luiza- Me diz uma coisa….. Você era virgem?
Eu- Sim, eu era.. mas eu ate queria pedir desculpa se eu te machuquei.. eu não sei fazer nada ainda….(pensando que ela ia criticar, ja mandei uma defesa)
Luiza- Não garoto, você fez muito bem! Nem se preocupe
Eu- Mas eu não estava machucando?
Luiza- Eh…. seu pau e grandinho…. mas e muito bom! Ja não sentia nada parecido a um bom tempo!
Eu- Mas porque??
Luiza- João so quer saber de trabalhar, trabalhar, jogar e tomar whiskey.
Eu- Eu se fosse casado com você passava o dia todo fazendo! eu não sei se são todas assim mas realmente e apertado! Não aguento muito tempo
Eu- Alem disso… gostei muito da parte que você se tremeu.
Luiza- Foi porque eu tive um orgasmo, e dos fortes!
Eu- E quando e que nos podemos fazer outra vez?
Luiza-“corou” – Eiiiii, Ta ficando safadinho viu?
Eu- Diga logo! dei um toque nela pra fazer cocega
Luiza- Temos que ver!
(claro, aqui foi uma conversa mais resumida do que tinha acontecido. Demorei um pouco para fazer esta conversação porque ja não lembrava bem o que nos tinhamos falado)
Quando olhamos para as horas, ja estava quase na hora de acabar o aluguer.
Fomos deixar na areia, e ela disse:
Luiza- Vamos ali no quarto pra buscar um creme?
Eu- Sim sim, vamos!
Ela falou de uma forma bastante normal, tanto que eu nem sequer desconfiava de nada!
Quando chegamos la, minha mae, joao e meu pai tinham ido la em baixo comprar umas lembranças da cidade, mas voltavam em pouco tempo.

até que Luiza disse:
-Luiza-abaixa a sunga!
Eu-Porque?(ate me assustei)
Luiza-Garoto, baixe logo isso!
Eu- Ok ok rainha! Sem problemas!
Baixei e disse:
Eu- Pronto!
Luiza-Sente na cama.
Eu sento e ela vem, e fica de joelhos na minha frente ja com a mão no meu pau e diz:
Luiza-Temos pouco tempo! Eles daqui a 1 minutos estão aqui!
Eu- Você vai fazer o que?
Luiza- você vai ver!
Quando mal espero, so vejo a cabeça dela a descendo meu pau. Eu me tremi logo, e ela começa a chupar devagarinho, com a mão ajudando. Era impossivel eu não gemer! Parece que ela sabia exatamente a velocidade… tanto que eu não aguentei nem 4 minutos… No 2 minuto, eu ja tava desesperado procurando alguma coisa pra segurar. Eu pegava nos peitos dela, apertava, passava a mão, na almofada, levantava e deitava e ela pouco preocupada com isso….. tinha momentos que respirava com a boca pra ver se aguentava mais mas era inútil…. avisei pra ela que ia gozar…. eu pensando que ela ia tirar a boca….. ela continuou normal como se nem tivesse me ouvindo! Quando eu senti que a bomba ia sair, me encolhi todinho! soltei uma bomba na boca dela! E ela nem ai continuava.. isso e que me deixava doido! Quando a bomba saiu, gemi alto…… depois que gozei, ela só parou 1 minuto depois e porque eu tirei a boca dela de la…. senão eu não ia conseguir respirar!
ela disse:
Luiza- So vou deixar porque temos pouco tempo…. a proxima vez se vc tentar tirar minha cabeça, eu faço pior!
Eu- Ok!
Eu- Não vai cuspir?
Luiza- eu ja engoli faz tempo Garoto!
E pronto… foi so o tempo de me limpar que eles chegaram com umas garrafas de cachaça como lembrança etc….

Neste dia fui pro tobogâ, malhei, joguei futebol, etc…. adormeci rapido.
No dia seguinte nada de extraordinario aconteceu. Fomos dar uma volta na cidade e pronto.
No nosso ultimo dia la, havia umas programações muito divertidas, e minha meu pai e joão desceram enquanto minha mãe e luiza ficaram no quarto…. elas me chamaram mas eu disse que ia ficar deitado mais um pouco. Até ai tudo bem.. luiza disse pra minha mãe:
Luiza-Mulher, vá descendo que eu vou passar aqui protetor que eu me esqueci e avise a joão que ele compre pra mim um pão misto com café com leite.
Mãe- Esta bem! vou descendo aqui! demore não!
Pronto… neste momento eu fiquei logo com o coração batendo a mil já imaginando que ia pegar ela!
Quando minha mãe saiu, esperei 2 minutos.. eu ouvia ela abrindo a tampa do creme e passando na pele…. eu me levantei devagar e fui em direção a ela. Ela estava de costas, então eu percebi que ela estava sem a parte de cima do bikini… Quando eu vi, meu Pau cresceu logo! Baixei o pijama e fui de pau duro pra trás dela sem ela perceber…. Quando cheguei perto, agarrei ela por trás e encaixei o pau bem no meio da bunda dela… Ela teve um susto e disse:
Luiza. Ta louco garoto?
Eu-Ainda não, mas vou ficar agora!
agarrei nos peitões dela e puxei ela pra cama…. Ela não reagiu muito em relação a isto. Puxei a parte de baixo do bikini, e taquei a boca pra la. Ela agarrou no meu cabelo e disse:
Luiza- Você e louco!!!!aiiiii!
Eu nem respondi a ela… continuei! e ela sempre dizendo:
Luiza- Garoto, pare!!! alguém pode entrar!
Sempre gemendo mas nunca lutava contra!
Enfiei o dedo e continuei chupando o clítoris dela… passava a língua a volta e os lábios. Não sabia fazer muito bem, mas fiz o melhor que pude!
Até que ela desistiu e deitou e começou a agarrar as almofadas! eu a partir dai já vi que ela estava gostando! Aos poucos começava a ganhar consciência das coisas! começava a saber quando ela gostava, quando estava a perto de ter e quando tinha orgasmo.
Ao saber destas coisas, já tava com o meu pau babando ja!ate pingava! Quando ela começou a tremer e a arranhar meu braço, eu comecei a diminuir a velocidade e quando ela menos espera eu subo pra cima dela e enfio meu pau! ela fala de uma forma que parece que tava morrendo:
Luiza: AI MINHA NOSSA SENHORA!!!!! AIIIIIII!!!!!!!! UFFFFFFF!!!!!
Ela ate bufava!!! Quando sentiu a lapa duríssima entrando…. Eu entrei e empurrei devagar ate não dar mais! Eu já tava quase gozando só de ver ela daquela forma. Comecei a roçar, tentando não parecer muito novato. Como estava em cima, eu conseguia me aguentar mais porque eu sabia quando estava perto e diminuia a velocidade! Nessa brincadeira, ela teve outro orgasmo e eu não gozei(achei o maximo! tinha conseguido me aguentar pela 1 vez). Ela vendo que eu não tinha gozado, ficou louca e disse:
-Luiza- Você não gozou??? (ainda com respiraçao ofegante)
Eu- Ainda não!
Luiza – Venha!
Ela se levantou e ficou de 4 para mim. Eu só de ver aquele bundão, já tava quase gozando. Eu pensava que estava controlando a situação e pensava (vou demorar pra gozar).
A cama que nos estávamos era perto da parede, então como eu estava em pé e ela se apoiando na cama, não tinha muito espaço, ficava entre a parede e ela. Segurava na bunda dela, apertava, pegava nos peitos… ela mexendo e os peitos roçando na cama, como eram grandes e caídos me dava um tesão doido… chegou no momento que ia diminuir a velocidade, mas ela percebeu e começou a empurrar, como não tinha espaço, fiquei preso na parede e ela metendo pra dentro. Parecia que ela estava desconfortável mas ao mesmo tempo estava adorando! batia com força a bunda dela em mim, eu já sem saber o que fazer, só tive tempo de me encolher todinho… e a bomba saiu toda dentro dela…. quando saiu ela ate deu um pulo! gemia gemia e eu tambem! Foi muito bom! Perdi completamente as forças…. Enquanto estava gozando ela não parava de empurrar a bunda dela pra dentro! Eu vendo o cuzinho dela abrindo e fechando e sentido tudo dentro dela…. não tem preço.
Passei uns minutos 3 deitado do lado dela pra recuperar. Passei estes 3 minutos chupando o peito dela e ela alisando minha cabeça.
Até que levantamos e pronto. Tomei banho, ela foi se limpar e saímos os 2 juntos como se nada tivesse acontecido!
Aprendi muito com ela! Coisas que nem fazia ideia, comecei a prestar atenção e ganhei muita experiencia!
Esta semana foi uma das semanas mais marcantes da minha vida!
Depois que isto aconteceu, depois das ferias ainda conseguimos se encontrar mais vezes e aprendi muito mais coisas com ela. Conheci uma garota e comecei a namorar com ela, por isso, tivemos de parar de fazer. Ela continua com o João. Não tinha dito no inicio da historia mas ela não teve filhos porque ele não conseguia. Ela até quis adotar mas ele não aceitou. Então ficou como ficou!
Esta semana vai ficar sempre na minha memória, com todos os detalhes!
Hoje em dia ainda falamos…. Sempre existe ainda aquela coisa… Quando estamos só os 2…aquela tensão… Eu sei que ela sente a mesma coisa.. Eu tenho a certeza que se tentar devagarinho outra vez ela vai. E exatamente o que eu estou pensando em fazer! Quem sabe eu não consiga?

1 comentário em “Fodendo com a melhor amiga da minha mãe”

Deixe um comentário