Intensa Aventura com o Motorista Uber

Bom como já leram no conto anterior que só brinquei com o meu Uber, agora fomos ao Motel e como sempre com meu celular ligado, espero que gostem.
Bom como sempre já tinha combinado com meu Amor ( Corninho ) tudo que iriamos fazer nesse dia, então após um dia de trabalho liguei para ele (Uber) e marquei que me pegasse no metro, la chegando ele já estava a minha espera e já liguei ao meu amor falando que já ia entrar no carro, e já começou a ouvir tudo que falávamos, de inicio já me deu um beijo tarado e fomos em direção a um Motel.
Continue lendo “Intensa Aventura com o Motorista Uber”

Minha tia é simplesmente uma delicia

Olá, me chamo Maykon e tenho 22 anos, isso tudo começou a acontecer a mais ou menos 5 anos atras. Tudo começou quando num certo dia eu estava sozinho com minha tia em casa, minha mãe havia saido e ela simplesmente estava deitada no sofá de casa com uma sainha e uma blusinha que deixava qualquer um louco, sempre tive muita intimidade com minha tia e sempre senti uma atração por ela mas nunca disse nada a final ela é minha tia, irmã de minha mãe. Minha tia é ma morena baixinha com seios enormes e uma bunda deliciosa. Como eu estava falando estavamos só nois dois em casa quando eu não sei por que mas fiquei olhando fixamente para os seios dela e ela percebeu logo e perguntou se eu tinha perdido alguma coisa ali, ela sempre foi um pouco ignorante com suas perguntas e eu respondi que não tinha perdido nada mas na verdade queria me perder ali dentro daqueles peitos enormes, ela fez uma cara que eu não entendi muito o que ela quis me dizer e me chamou para perto dela, meio sem jeito pelo que eu tinha falado sentei-me ao seu lado e para minha surpresa ela me disse: SE GOSTOU PEGA, fiquei sem reação na hora e ela me disse que se eu demorasse ela poderia desistir da ideia, não penssei duas vezes e não deixei que ela desistisse, baixei as alcinhas de sua blusinha e sem mais nem menos ja fui logo colocando a boca, não resisti e comecei a chupar vorazmente aqueles seios lindos que até hoje não chupei tão gostoso, ela como era muito safada começou a pegar no meu pau e me beijar como louca, logo percebi que ela estava um pouco na seca por sua atitude e tambem porque não ha via com um namorado a muito tempo, não pensei duas vezes chamei ela para o meu quarto e começamos a nos despir e a nos chupar, fui descendo por seu corpo até chegar em sua boceta que estava toda molhada e inchada de tanto tesão, fiquei chupando sus boceta por um bom tempo até ela gosar em minha lingua e eu continuei chupando-a com enorme tesão até ela relachar seu corpo e desfalecer por alguns segundos. Quando ela voltou a si ela subiu em cima de mim e começou a me beijar carinhosamente e se esfregar em mim, quando me dei por mim já estavamos encaixados e transando novamente, não demorou muito e eu não resisti e disse que ia gozar mas ela disse que era para eu esperar que ela tambem já estava quase lá e começou a gemer de prazer e isso só foi me dando mais tesão e começamos a gozar juntos, gozamos tanto que quando terminamos ela saiu de cima de min e minha porra descia por entre suas pernas. Foi a melhor das fodas que eu já havia dado em minha vida até o momento.

Transando pela primeira vez como passivo

Isto aconteceu exatamente há 10 anos e é totalmente verídico. Hoje sou um cara casado 43 anos moreno claro 1,79 88kg. Sempre tive vontade de transar com outro homem. Na adolescência só fiz sarros, sem penetrações, chupadas ou beijos, mais masturbações entre primos. Mas a vontade continuou, sempre com vontade de dar e comer. Certo dia aqui em BH, estava tomando uns chopes no Chico mineiro e observava as meninas de programas que chegavam e saiam rápidas para seus encontros. Deixava-me com um tesão enorme, pois gosto muito também das mulheres,

Continue lendo “Transando pela primeira vez como passivo”

Minha esposa transou com o meu amigo de trabalho

Meu nome é Marcelo tenho 42 anos e minha mulher se chama Cláudia e tem 38. Somos casados há 19 anos e eu fui o primeiro homem na vida dela. Sempre imaginei como seria vê-la com outro homem e isso me deixava louco. Durante nossas transas ao longo do tempo, fui provocando e vi que ela ficava enlouquecida de tesão com a ideia. Mesmo com muita vontade, faltava a ela coragem para realizar a nossa fantasia. Um certo dia, ela comentou que estava ensinando um colega novo e começou a falar dele com frequência. Ele tinha em torno de 50 anos e se chamava Alexandre e senti algo diferente, um misto de ciúmes e tesão. A partir deste dia, transamos muito e senti que ela estava muito mais safada

Continue lendo “Minha esposa transou com o meu amigo de trabalho”

Minha Primeira foda com um cão

Vou contar como foi a minha primeira e até agora única foda com um cão. Passou-se à quando eu andava na faculdade e tinha encontrado na Internet histórias e imagens de zoofilia. Fique imediatamente viciado neste tipo de histórias, em casa tinha um cão com quem tentei ter relações várias vezes mas ele era muito burro e só lambia-me o cu e o meu pau, nem sequer tentava montar-me, sempre que tentava que ele me monta-se ele ficava em, cima de mim sem, qualquer reacção. Com isto fui esquecendo a ideia de ser fodido por um cão, até porque os cães que existem na vizinhança estão todos fechados em jaulas e não tinha a menor hipótese.
Continue lendo “Minha Primeira foda com um cão”

A primeira vez que eu dei pra outro homem

Fazia já algum tempo que eu e Fernando pensávamos em como seria ter a rola de outro cara encaixada e entalada no meio do meu bumbum. E isso era uma cena que sempre vinha na nossa cabeça quando estávamos excitados, conversando ou transando, mesmo quando a gente ficava só se esfregando com muito tesão pela situação.

Continue lendo “A primeira vez que eu dei pra outro homem”