Minha primeira vez com uma putinha novinha

Olá tudo bem?  tô aqui pra postar o meu primeiro conto, uma das melhores experiências sexuais que eu já tive até hoje e dependendo do feedback eu conto mais coisas pra vocês hahaha. Basicamente eu tenho 19 anos, sou lésbica, estudante e to em forma, 1.72 de altura, 59 kg, cabelos pretos, olho castanho escuro, costumam elogiar minha forma física. Nesse dia em específico eu não tava muito bem. Fui pra um rolê com meus amigos mas não tava me divertindo muito, tava faltando alguma coisa e quando eu já tava pensando em ir embora eu recebi uma mensagem, e quando eu fui olhar era de uma menina que eu já tinha ficado algumas vezes, mas nada demais, só uns beijos e mão boba. Ela tava me chamando pra ir casa dela, pra gente ver uns filmes, conversar um pouco, quem sabe dar uns beijos e eu que não sou boba nem nada aceitei sem pensar duas vezes, meu rolê tava um lixo, se eu pudesse sair dali e dar uns beijos já tava bom demais. Peguei meu ônibus e segui meu rumo pra casa dela. Sempre tive muita vontade de transar com ela, mas a gente nunca teve a oportunidade, porém, se tem uma coisa que eu aproveitei bem foi aquele corpinho dela haha.

Aumento Peniano

Sempre que eu tô ficando com alguma menina eu gosto muito de explorar bem o corpo dela, passar a mão, ver até onde ela vai deixar eu chegar e eu gostava porque ela não costumava regular, sempre me deixava apertar a bunda, colocar a mão no meio da perna, puxar o cabelo e ela gemia bastante, isso me deixava com muito tesão, curiosa pra descobrir como ela transava. Cheguei na casa dela e fui recebida com um beijo logo de cara, já pensei “que ótimo, já saí do zero a zero hoje”. Ela me levou pro quarto e a gente conversou bastante sobre como estavam as coisas, afinal tinha até bastante tempo que a gente não se via considerando a frequência que a gente ficava. Ela me perguntou se eu tava afim de ver alguma coisa e eu disse que o que ela tivesse vontade tava bom. No fim das contas a gente acabou colocando qualquer filme do Netflix mas isso não fez diferença porque logo que o filme começou ela já chegou pra perto de mim e eu já lotada de segundas intenções coloquei a mão na perna dela e apertei. Nessa hora ela soltou um gemido e foi a brecha pra eu puxar ela pra cima de mim e começar com um beijo, puta merda, como o beijo dela era bom. Nisso a gente combinava pra caralho, o nosso beijo encaixava perfeitamente e só isso já era o suficiente pra me deixar explodindo de tesão. Comecei a passar a mão pelo corpo dela, apertando bastante aquela bunda maravilhosa, passando a mão nas costas e fazendo arrepiar. Enquanto eu beijava ela rebolava em cima de mim o que me fez imaginar milhares de coisas. Em um dado momento eu puxei o cabelo dela, e nessa hora ela soltou um gemido maravilhoso, agora eu ia foder ela, sem a menor sombra de dúvidas. Perguntei:
-Você vai me deixar te foder hoje ? Vai finalmente me deixar provar dessa tua bucetinha ? Você sabe bem que eu quero foder contigo desde a primeira vez que a gente ficou.
-Antes de você chegar aqui eu tava me masturbando. Pensando em você. Hoje eu quero que você me foda do jeito que você quiser, eu vou ser a sua putinha.
Nessa hora eu já não tava mais aguentando de tesão. Olhei bem cara dela e dei um tapa bem gostoso, queria começar a fazer ela se sentir minha, essa noite eu ia foder ela igual ninguém nunca fodeu.
-Se você quer ser a minha putinha então eu vou te tratar feito uma putinha e quero ver se você vai se sair bem. Começa tirando a roupa pra mim, bem devagar. E não tira o olho de mim, quero ver na sua cara todo esse seu tesão, essa vontade de me sentir em você.
Quem já ficou comigo sabe bem como eu gosto quando uma guria se exibe pra mim. Sem vergonha, sem frescura, se mostra disposta a me dar prazer e abrir as portas pra eu proporcionar a mesma quantidade de prazer a ela. E não é que a safada fez direitinho, tirou a roupa e ficou peladinha pra mim, me olhando com aquele sorriso sacana. Logo depois eu já tava completamente sem roupas também e pronta pra iniciar os serviços hahaha. Deitei ela e fiquei por cima, beijando e apertando aqueles peitos maravilhosos. Quando coloquei a mão na bucetinha dela já senti completamente molhada.
-Safada, tua buceta já tá toda molhadinha pra mim, quer tanto assim que eu te foda do jeito que você merece hein ? Fala pra mim, fala. Pede pra eu foder você.
Dei outro tapa na cara dela.
-Eu quero que você me foda, quero melar os seus dedos todinhos e gozar neles. Quero sentir a tua língua na minha bucetinha e também no meu cuzinho. Hoje eu vou ser toda sua, sua putinha.
Abri mais as pernas dela, queria chupar logo aquela buceta maravilhosa. Sem perder mais tempo comecei a chupa-la. Inicialmente mais devagar, explorando cada canto. Hora eu metia minha língua, hora tocava no clitóris e tratava de caprichar, chupava bem gostoso e lambia, queria ouvir aquela putinha gemendo como nunca. E assim aconteceu, o gemido dela era delicioso e enquanto gemia ela ficava me pedindo “chupa bem a sua putinha, chupa bem gostoso que hoje eu quero gozar nessa sua boquinha maravilhosa”. Não demorou muito e ela anunciou que o primeiro orgasmo ia chegar, na hora eu parei o que tava fazendo, não queria que ela gozasse ainda. Queria fazer ela gozar com um dedo na bucetinha, e outro dedo naquele cuzinho delicioso.
-Não quero que você goze ainda, primeiro quero você quatro pra mim minha putinha. Isso, que putinha obediente. Agora empina e abre a sua bundinha pra mim, bem devagarinho, quero ver bem esse teu cuzinho delicioso. Quero arrombar esse teu buraco apertadinho.
-Eu quero você no meu cuzinho, mas eu quero de uma maneira diferente. Posso pegar meu strap on ? Quero que você me coma assim, com um pau bem gostoso.
-Se quer que eu te foda assim, vai ter que chupar o pau e engolir ele todinho.
Ela foi buscar o strap e eu vesti, coloquei na cintura, ajustei e enquanto isso ela se masturbava, passando a mão naquele grelinho gostoso, me deixando com mais vontade ainda, se é que isso era possível haha. Assim que acabei de colocar fiz um sinal com o dedo pra ela vir chupar o pau e ela começou a fazer um trabalho maravilhoso. Chupava a cabecinha e depois colocava tudo na boca, deixou bem babadinho, prontinho pra meter no rabinho dela. Eu vi que ela tava adorando chupar aquele pau, mas mandei ela voltar a ficar de quatro pra mim, abri bem a bundinha dela e comecei a chupar o cuzinho, queria ele tão molhadinha quanto o consolo, quando eu percebi que ela já tava bem molhada pedi pra ela abrir bem a bunda pra mim e passei a cabeça do pau na entrada do cuzinho dela, logo vi ele piscando pra mim, que tesão, eu ia arrombar aquele buraco todinho. Comecei primeiro colocando um dedo, pq eu vi que ele era bem apertado, queria ela relaxada, mas parecia que ela fazia aquilo sempre porque pouco tempo depois ela já tava pedindo mais um dedo haha. Quando eu vi que ela já tava bem relaxada comecei a meter o pau, primeiro só a cabecinha, devagar, pra ver o cuzinho dela abrir pra mim. Fui metendo cada vez mais enquanto eu puxava o cabelo dela e batia bem gostoso naquela bundinha, e quando eu fui ver já tava com o pau todinho dentro dela.
-Rebola pra mim vai putinha, rebola com esse pau dentro do seu rabinho. Mostra pra mim o que você sabe fazer, que você é uma putinha bem gostosa e vai me fazer voltar aqui pra te foder assim de novo porque eu sei que você gosta.
Ela rebolava bem devagar e eu colocava e tirava o pau dela tão gostoso. Tava uma delícia ver aquilo e eu ia gozar só de meter nela assim. Não demorou muito e ela anunciou que ia gozar pela primeira vez, e gozamos juntas. E que orgasmo, ela gozou com pau dentro do cuzinho olhando pra mim, pedindo rola e gemendo gostoso, não consegui segurar e gozei só de ver aquela cena maravilhosa.
-Vem por cima, agora quero te ver sentando gostoso pra mim. De costas, pra eu poder continuar mexendo no seu cuzinho.
Ela veio por cima e sentou bem devagar, o consolo deslizou pra dentro dela sem a menor dificuldade, ela tava absurdamente molhada e começou a cavalgar gostoso, eu não cansava de ver aquela bunda e de puxar aquele cabelo. Enquanto o pau entrava na bucetinha dela eu brincava com meu dedo no cuzinho, forçando a entradinha mas sem meter.
-Vem, vira de frente pra mim, eu quero que você goze me olhando e quero poder bater na sua carinha enquanto você cavalga em mim.
E foi assim que ela gozou mais uma vez pra mim, dessa vez melando o pau todinho.
-Vai chupar tudinho putinha, essa bagunça que você fez. Vem provar do seu gostinho sua cachorra, coloca a boca nesse pau e chupa gostoso igual você já chupou uma vez.
Assim que ela acabou de chupar eu tava doida pra sentar na carinha dela, fiz ela deitar de barriga pra cima e sentei na boca dela pra que ela me fizesse gozar mais uma vez.
-Vai minha putinha, quero ver se é tão boa no papel de ativa quanto é no de passiva. Quero você chupando essa bucetinha e não vai parar até me fazer gozar.
Aproveitei que tava por cima e chupei a bucetinha dela mais uma vez enquanto ela me chupava. Que buceta maravilhosa, e eu tava adorando sentir aquele gostinho. Algumas vezes ela parava de me chupar pra poder gemer mas o oral dela era uma delícia, ela sabia bem qual caminho a língua dela ia fazer. Ela anunciou o gozo e eu também não estava distante, gozamos praticamente juntas e caímos mortas na cama hahaha. E essa foi a primeira vez que eu transei com essa putinha maravilhosa, tivemos outras experiências, mas essas ficam pra outra hora haha.
Mulheres sintam-se a vontade pra me mandar mensagem e conversar comigo, adoro ouvir as experiências de vocês e quanto mais putinha pra mim melhor haha. Mas só mulheres por favor.

Sexo por Telefone

Comentários 1

  • Delicia….quero conhecer essa gostosa.
    Procuro mulher sozinha fogosa ou esposa cujo marido sinta vontade de me ver transando com sua esposa.Não aceito baixarias nem envolvimento financeiro.Tenho local, sou saudável e sigiloso.
    são paulo capital campinas, interior de sp e viajantes
    [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *