Engravidei a minha mãe

Depois de conhecerem algo tão puro e lindo como o incesto, William e Irene continuaram com suas vidas normalmente como mãe e filho, mas agora eles eram mais do que isso, eram um casal vivendo um romance proibido, escondido entre quatro paredes. Agora que caiu a ficha, Irene está muito preocupada, como uma mãe foi cometer uma loucura dessas, com tantos homens no mundo ela foi fazer sexo logo com o próprio filho.

Disk Sexo

Irene é uma mulher madura, que ainda não entrou na menopausa, e como não se relacionava com alguém desde a morte do marido, não tomava remédio. Ela precisava ter uma conversa séria com William, acabar com aquilo de uma vez por todas. A noite, eles ainda sem se encarem direito, ainda sentiam remorso e culpa pelo o que aconteceu, decidiram falar sobre o assunto. Foi tudo em vão, o incesto despertou o amor um pelo outro que eles não tinham antes e Irene se entregou mais uma vez ao seu filho.

Ela estava totalmente pelada, e com as pernas abertas, como um convite irrecusável, olhando o seu filho com a cara muito safada, como uma predadora. William tirou a sua roupa e com seu enorme pau apontado para a sua mãe querendo ela, beijou aquela mulher da cabeça aos pés. ver a sua mãe daquele jeito, passou um filme em sua cabeça, a mulher que lhe deu a luz, agora era totalmente sua, de pernas abertas, querendo que ele retornasse ao lugar de onde veio. Como ele sempre foi um filho obediente, colocou aquele pinto de volta ao ninho, e assim mãe e filho mais uma vez unidos pelo incesto. Eles estavam apaixonados, estavam dispostos a abrir mão de uma relação entre mãe e filho comum para viverem como homem e mulher.

Irene ao ser penetrada por seu filho, estava prestes a ter um orgasmo dizendo:
-Eu te amo.
William respondeu imediatamente:
Eu também te amo mãe.
E se beijaram loucamente. William esteva prestes a gozar, e fazia questão que sua mãe soubesse disse lhe disse:
-Mãe, eu vou gozar dentro.
-Goza dentro, eu quero ficar grávida.
William estava realmente disposto a engravidar a própria mãe, sem pensar assim em suas consequências futuras, respondeu:
-Quero ter filhos com você!!!!!!!
-Eu quero ser a mãe dos seus filhos, respondeu ela.
Irene fechou o William com as pernas para que ele gozasse tudo dentro, então ele encheu o útero dela com toda a sua porra. Enquanto o leite era jorrado dentro dela, trocaram beijos ardentes.
Assim começou uma linda história de amor, e como todo amor verdadeiro gera frutos, Irene descobriu que está grávida, vai gerar um filho de seu próprio filho

Deixe um comentário